As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Visita do ministro da Saúde português para reforçar cooperação
- 9-Oct-2003 - 19:31

O ministro da Saúde português, Luís Filipe Pereira, reafirmou hoje na Cidade da Praia o empenho de Portugal em cooperar com Cabo Verde no reforço da capacidade de prestação de cuidados de saúde no arquipélago.


Em declarações aos jornalistas no início de uma visita oficial de dois dias a Cabo Verde, Luís Filipe Pereira salientou haver pontos de vista coincidentes com o governo de Cabo Verde quanto à evolução da cooperação na saúde, nomeadamente para que seja possível diminuir as necessidades de enviar doentes para Portugal.

A transferência de doentes cabo-verdianos para Portugal constitui um encargo pesado para o governo da Cidade da Praia, que em Setembro reforçou em 43 mil contos cabo-verdianos (390 mil euros) o orçamento para pagar as subvenções aos pacientes.

Aquele reforço representou um aumento entre 30 a 40 por cento do montante inscrito no Orçamento Geral do Estado para 2003.

Em Julho, em declarações à Agência Lusa, o primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, admitiu mesmo que a diminuição da transferência de doentes para Portugal seria uma forma de criar um tampão a uma certa imigração ilegal.

Luís Filipe Pereira explicou que o encontro que terá com o seu homólogo de Cabo Verde, Basílio Mosso Ramos, servirá para discutir em termos práticos as medidas para melhorar a boa cooperação já existente.

O ministro português destacou que tem também havido uma forte cooperação técnica, que já teve resultados nos domínios da imuno- alergologia e da obstetrícia e ginecologia.

Também no domínio da telemedicina, para apoiar o diagnóstico de casos, hospitais cabo-verdianos estão já ligados entre si e a unidades hospitalares portuguesas.

"Há toda a abertura (para a cooperação), pois é algo que está de acordo com os objectivos de ambos os sistemas de saúde. A vinda de técnicos portugueses a Cabo Verde pode ter um efeito multiplicador na formação dada", sublinhou.

Na perspectiva de Luís Filipe Pereira, simultaneamente "dá-se a possibilidade a Cabo Verde para que possa progressivamente ter autonomia em várias áreas, o que é o objectivo desejável".

O chefe do governo cabo-verdiano, José Maria Neves, no discurso de lançamento da primeira pedra da nova unidade fabril dos Laboratórios INPHARMA, primeiro ponto da visita oficial do governante português, preconizou "mudanças de fundo" no sistema de evacuação de doentes.

O objectivo, já em 2004, é o de "racionalizar os custos e melhorar as condições em Cabo Verde", ou seja, melhorar a capacidade de resposta dos serviços de saúde no país e diminuir os evacuados e os gastos do Estado com os seus tratamentos no estrangeiro, explicou.

"Temos de controlar os custos e garantir que os evacuados tenham um melhor acompanhamento", acrescentou, frisando que Portugal "tem sido fundamental" para suprir as carências de tratamento em Cabo Verde.

José Maria Neves disse ainda que haverá profundas reformas no sistema de saúde em 2004, que passam pela sustentabilidade do sistema, com a comparticipação dos cidadãos que podem pagar, racionalização de custos, maior eficácia na gestão hospitalar e melhoria da qualidade dos cuidados prestados.

Além de um encontro entre as duas delegações, o programa da deslocação oficial de Luís Filipe Pereira a Cabo Verde inclui visitas a unidades hospitalares da Cidade da Praia e a participação, na sexta- feira, na abertura de um encontro sobre o tema "Sector Farmacêutico em Debate" - Que Perspectivas", com a presença de especialistas portugueses e cabo-verdianos.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem