As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Pintor Tchalê Figueira «apresenta» ditadores do Século XX
- 13-Oct-2003 - 20:08

O artista plástico Tchalê Figueira inaugura hoje na Cidade da Praia, Cabo Verde, uma exposição de pintura inspirada nos ditadores do século XX, que ficará patente até ao próximo sábado no Centro Cultural Português.


"Gabinete de Monstros" é o título da exposição, na qual os espectadores são convidados a descobrir alguns ditadores que marcaram o último século, e onde se encontram criações alusivas a Hitler, Mobutu, Idi Amine e Salazar.

"É uma forma de mostrar que a pintura é uma memória viva do passado e do presente", referiu o artista, recordando que na sua criação a escolha dos ditadores incidiu naqueles que mais marcaram a sua vida.

Entre eles, assume natural destaque o português António de Oliveira Salazar, que teve influência directa na sua vida, ao forçá-lo a emigrar para a Europa, abandonando a sua cidade natal, Mindelo, Cabo Verde, para se furtar à incorporação para a guerra colonial.

"Gabinete de Monstros são retratos fantasmas dessas personagens da história", em que Tchalê Figueira deixa à perspicácia dos espectadores a descoberta da sua identidade.

O conjunto de trabalhos pictóricos sobre os ditadores, realizado em 2000, totaliza uma dezena, mas na exposição do Centro Cultural Português da Cidade da Praia associam-se mais meia dezena, de outras temáticas de intervenção social, concluídos nos últimos meses.

Hoje, na inauguração da exposição será apresentada igualmente uma exibição do grupo de dança cabo-verdiano Raiz di Polón.

Nascido em S. Vicente em 1953, Tchalê Figueira estudou nos anos 1970 numa escola de belas artes de Basileia, Suíça, e é hoje um dos mais destacados pintores cabo-verdianos, com exposições realizadas em França, Portugal, Estados Unidos, Alemanha, Áustria, Suíça, Senegal, entre outros países.

Além de pintor, é escritor, tendo já publicado as obras poéticas "Todos os Naufrágios do Mundo", "Onde os Sentimentos se Encontram" e "O Azul e A Luz", estando já no prelo a sua primeira novela, "Solitário".


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem