As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Bancos da CPLP defendem introdução de meios técnicos
- 15-Oct-2003 - 20:13

Os técnicos superiores dos bancos centrais da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) defenderam em hoje em São Tomé a necessidade de se introduzir meios electrónicos de comunicação nos sistemas bancários dos Oito Estados membros.


Esta foi uma das conclusões saídas esta tarde, no final do V fórum dos sistemas e tecnologias de informação dos bancos centrais da CPLP, que se iniciou segunda-feira, com a participação dos representantes de Angola, Cabo Verde, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, país anfitrião.

De acordo com um documento final, os participantes reconheceram a necessidade de se introduzirem meios electrónicos de comunicação nos sistemas dos bancos centrais dos Estados membros na perspectiva de lançamento de estatísticas por via electrónica.

"A multiplicidade das fontes de informação estatística utilizadas pelo Banco Central e as exigências de tempestividade a ela inerentes impõem a utilização de meios electrónicos de comunicação", lê-se no documento.

O delegados lusófonos defenderam ainda que os requisitos de segurança para a comunicação electrónica de informação estatística são relativamente exigentes, contemplando, designadamente a sua confidencialidade e a garantia de integridade do seu conteúdo.

Ainda para se disponibilizar as estatísticas por via electrónica, os participantes decidiram que os bancos centrais poderão, em casos adequados, cobrar os seus serviços numa perspectiva de cobertura dos correspondentes custos.

Relativamente à concepção e gestão de planos estratégicos de sistemas de informação e comunicação, garantiram a complementaridade do outsourcing e insourcing como forma prática de potenciar a liderança interna pelo banco central.

"A estratégia de sistemas de informação e comunicação dos bancos centrais deverá ser arquitectada em correcta articulação com a estratégia da instituição", lê-se ainda no documento.

A governadora do banco central de São Tomé e Príncipe, Maria do Carmo Silveira, que presidiu à cerimónia de encerramento do evento, defendeu que o rápido desenvolvimento das tecnologias a que se assiste actualmente no mundo da electrónica exige da comunidade uma actualização e intercâmbio permanentes.

"Temos a certeza que cada um de nós sai deste fórum mais enriquecido, uns certamente por terem transmitido as suas experiências, outros ainda por terem adquirido muito mais", disse a governadora, manifestando a convicção de que "vale a pena prosseguir com intercâmbios do género entre as nossas instituições".

O próximo fórum será realizado em Maputo, onde decorreu a primeira edição, em 1999.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem