As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
«País na vanguarda do movimento a favor da paz»
- 25-Oct-2003 - 14:28

O general Mariz Fernandes, membro da Associação dos Auditores de Defesa Nacional de Portugal, considera que Cabo Verde está "na vanguarda" do movimento a favor da paz e bem-estar da humanidade.


O responsável falava sexta-feira, na Cidade da Praia, numa intervenção síntese dos temas apresentados durante os dois dias da Conferência Internacional sobre "A problemática da Defesa e Segurança dos Pequenos Estados".

O especialista considerou ainda que a realização da conferência constituiu um "acto de inteligência e de exercício activo da democracia".

Na opinião de Mariz Fernandes, o evento permitiu "levar à sociedade, e discutir com ela, preocupações que os poderes políticos de muito poucos países consentem em partilhar abertamente".

Retomando algumas das ideias saídas dos debates, Mariz Fernandes afirmou que Cabo Verde é "uma ponte e uma charneira entre a África e a Europa", o que abre ao arquipélago "um conjunto de opções e potencialidades que os seus responsáveis políticos podem e devem ponderar".

Assim, o especialista português disse desejar que as autoridades cabo-verdianas, particularmente os responsáveis pelas políticas externa e de segurança e defesa, "saibam explorar os caminhos e as virtualidades da ponte e evitar as fragilidades da charneira".

As conclusões da conferência, que serão agora sistematizadas, irão "ajudar o governo a traçar os caminhos a seguir" nos domínios da Defesa e Segurança, uma promessa feita pelo ministro da Defesa e dos Assuntos Parlamentares de Cabo Verde, que encerrou a iniciativa.

Armindo Maurício reafirmou a promessa feita quinta-feira, pelo primeiro-ministro, na cerimónia de abertura do encontro, no sentido de que o governo colocará brevemente em discussão pública os princípios básicos dos Conceitos Estratégicos de Defesa Estratégica do arquipélago.

Segundo adiantou o governante, pela importância da questão, "todos os esforços" vão ser feitos no sentido de expurgar o debate de "quaisquer peias político-partidárias que possam comprometer a sua desejada consensualidade".


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem