As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Responsável da CPLP defende internacionalização de empresas
- 6-Nov-2003 - 14:12

Um responsável do Conselho Empresarial da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), o português Francisco Mantero, defendeu a "internacionalização" das empresas dos estados membros, por forma a promover o desenvolvimento económico da comunidade.


O vice-presidente da comissão instaladora do Conselho Empresarial da CPLP, que falava no seminário "Comércio e Investimento", sublinhou que o sucesso das empresas da CPLP passa pela sua penetração nos mercados internacionais.

No seminário participaram os cerca de 160 empresários que acompanham o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, no seu périplo por cinco países africanos, e homens de negócios moçambicanos.

"Temos de lutar por uma dinâmica empresarial lusófona nos mercados mundiais, através da internacionalização dos nossos produtos e serviços", acrescentou Francisco Mantero, para quem o futuro Conselho Empresarial da CPLP pode ser um instrumento valioso para esse fim.

Nesse sentido, o responsável da CPLP propôs igualmente a formação de parcerias entre os empresários dos oito Estados membros da organização, de modo a facilitar a sua inserção no circuito económico internacional.

Francisco Mantero acrescentou ainda que a cooperação entre os segmentos empresariais dos países membros da CPLP também irá ajudar a reduzir os "abissais desequilíbrios económicos entre os membros da comunidade".

A CPLP é composta por Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné- Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

"Há entre os oito estados membros da CPLP profu.ndos desníveis de desenvolvimento, com um Brasil a cotar-se como a 10¦ economia mundial e uma Guiné-Bissau a ser tão simplesmente uma economia minúscula", destacou Mantero.

Este responsável realçou igualmente a importância de os empresários da CPLP trocarem informações sobre as suas estratégias de participação em concursos internacionais para empreendimentos de grande peso económico, promovidos por instituições financeiras internacionais como o Banco Mundial (BM).

"As empresas da CPLP devem privilegiar a circulação de informações entre si relativas a programas e concursos públicos financiadas pelas instituições financeiras internacionais", sublinhou.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem