As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Relações com Angola põem Governo, maioria e oposição em confronto
- 28-Nov-2003 - 14:52

As relações entre Cabo Verde e Angola dominaram quinta-feira a sessão da Assembleia Nacional para discutir a proposta de Orçamento Geral de Estado (OGE) para 2004, provocando momentos de tensão entre Governo, maioria e oposição.


As acusações trocadas entre o executivo e o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder), por um lado, e o Movimento para a Democracia (MpD, principal força da oposição), por outro, chegaram a relegar para segundo plano os aspectos técnicos da discussão.

Tudo começou na apreciação feita ao OGE pelo líder parlamentar do MpD que, ao fazer a análise do documento na generalidade, afirmou que o governo está sem soluções para resolver os problemas do país, "apoiando-se, ora na questão do estatuto especial junto da União Europeia, ora na cooperação com Angola".

Tanto o governo como o PAICV viram nessas palavras uma crítica à "prioridade atribuída às relações com Angola", situação que motivou comentários a uma entrevista do embaixador de Angola a um jornal local, em que afirmou existirem "sectores da oposição cabo-verdiana que têm ciúmes das relações entre o MPLA e o PAICV".

O deputado José Filomeno Tavares aproveitou para interpretar a afirmação como fazendo referência ao MpD e considerou-a uma "ofensa a um partido que faz parte do sistema político cabo-verdiano", o que, no seu entender, "não defende nem protege" as relações entre os países.

"Pertencemos a este Estado onde o embaixador (de Angola) é acreditado. Por isso, não podemos ser ofendidos, sem que se ofenda, ao mesmo tempo, o Estado de Cabo Verde", disse o parlamentar da oposição, apelando a que a cooperação entre o MPLA e o PAICV seja "promovida por militantes dos dois partidos e não por agentes diplomáticos".

Em resposta, o primeiro-ministro, José Maria das Neves, considerou grave a forma como, globalmente, o MpD se referiu às relações entre Angola e Cabo Verde.

Na sua intervenção, José Maria Neves atribuiu, por engano, algumas afirmações proferidas pelo deputado Pedro Alexandre a Mário Fernandes, também da bancada do MpD.

Este engano, prontamente corrigido pelo chefe do executivo, espoletou o momento mais crítico da sessão, uma vez que, terminado o debate, Mário Fernandes dirigiu-se a José Maria Neves e, apontando-lhe o dedo à cara, interpelou-o exigindo que "nunca mais" lhe atribua afirmações que não fez.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem