As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Mindelo-Capital Lusófona da Cultura entrega chaves a Iemanjá
- 5-Dec-2003 - 15:07

A rainha do mar, Iemanjá, entidade mítica cultural e religiosa do imaginário afro-brasileiro, vai receber da cidade do Mindelo, em Cabo Verde, em nome de Salvador da Baía, o testemunho da capital lusófona da cultura.


A entrega acontecerá à meia-noite de 31 de Dezembro, altura em que, num gesto simbólico de evocação dos costumes dos cultores de Iemanjá, serão depositadas centenas de fotografias "representando rostos do povo do Mindelo" nas águas do Porto Grande.

De acordo com a vereadora de cultura da Câmara Municipal de S. Vicente, esta foi a "melhor forma" encontrada pelos responsáveis daquela cidade cabo-verdiana, capital lusófona da cultura em 2003, para transmitir o testemunho a Salvador da Baía, que ostentará o estatuto em 2004.

"Mindelo sempre teve uma relação particular com o mar, através do seu Porto Grande, e a Baía também celebra os seus momentos importantes em comunhão com o mar, no culto de Iemanjá, daí esta maneira de transferir a capital para o outro lado do Atlântico", justificou Maria Miguel Estrela.

A recriação do culto da rainha do mar Iemanjá pela capital lusófona da cultura surge num momento em que a televisão nacional de Cabo Verde o faz chegar todas as noites a casa dos cidadãos, através da telenovela brasileira "Porto dos Milagres", a partir de um romance de Jorge Amado.

A cerimónia de encerramento de Mindelo Capital Lusófona da Cultura será também uma oportunidade para recuperar o "Recordai", uma das grandes manifestações com que tradicionalmente os mindelenses marcam o último dia do ano mas que, nos últimos anos, quase caiu em desuso.

De acordo com essa tradição, os habitantes da cidade juntam-se em grupos de familiares e amigos, entoando e tocando cânticos de louvor a S. Silvestre, o patrono do dia, e percorrem os bairros, de porta em porta, recolhendo ofertas em dinheiro e em géneros que depois são repartidos por todos.

De acordo com a vereadora, vários artistas de renome da música de Cabo Verde, como Bau, Vasco Martins e Voginha, entre muitos outros, foram convidados para participar no "monumental Recordai" que está a ser preparado, como forma de encerrar "da maneira mais popular possível", a programação.

Em jeito de balanço das actividades desenvolvidas ao longo de 2003 no quadro do estatuto de Capital Lusófona da Cultura atribuído a Mindelo, Maria Miguel Estrela estimou que "mais de 90 por cento do que estava previsto foi realizado".

Aquela responsável recordou os "grandes momentos culturais" proporcionados à população e aos visitantes da ilha de S. Vicente, destacando a opereta "Crioulo" que abriu a programação, com a coreografia assinada por António Tavares e a música por Vasco Martins.

O Carnaval do Mindelo, a maior festa popular de S. Vicente e de Cabo Verde, também foi incluída este ano na programação da Capital Lusófona da Cultura, com cujo patrocínio contou, tendo resultado, considerou Maria Miguel Estrela citando a "generalidade" das opiniões recolhidas, no "maior Carnaval de todos os tempos no Mindelo".

A redinamização das festas de romaria, particularmente as juninas, foi outra realização referida pela vereadora, para além do "forte envolvimento" da organização da Capital Lusófona da Cultura no já tradicional Festival de Música da Baía das Gatas.

"Também foi organizado o Festival de Clássicos, em que participaram artistas e grupos portugueses como Madredeus, Carlos do Carmo, Pedro Burmester e Maria João e Mário Laginha, que são nomes de que se fala com respeito e admiração em todo o lado e que dignificaram a nossa programação", concluiu.

Globalmente, Maria Miguel Estrela considerou que o estatuto de capital cultural da lusofonia deixa "fortes marcas na cidade do Mindelo, não só no espírito das pessoas, como também na dinâmica criativa que se instalou" e que, na sua perspectiva "irá continuar".

A vereadora lamentou, no entanto, o "fraco envolvimento", nas actividades desenvolvidas, da maior parte dos membros africanos e brasileiros da União das Cidades Capitais Luso-afro-américo Asiáticas (UCCLA), embora isso tivesse sido "atempadamente justificado".


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem