As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Internet contra burocracia do processo eleitoral
- 5-Feb-2004 - 14:06

Os eleitores de Cabo Verde que vão votar nas 17 câmaras municipais do arquipélago nas eleições de 21 de Março próximo têm na Internet um aliado contra a burocracia.


Pela primeira vez, em 12 anos de eleições, a Internet poderá ser utilizada para consulta dos cadernos eleitorais e verificar qual a mesa de voto correspondente.

A inovação está a ser introduzida agora pela Direcção-Geral da Administração Eleitoral (DGAE), com a criação de um "site" oficial.

Este utensílio informático permite ainda aos cidadãos verificar a evolução do processo de actualização dos cadernos eleitorais, nomeadamente as duplas inscrições e a actualização referente a óbitos.

O processo de limpeza dos cadernos termina a 20 de Fevereiro, período em que a DGAE recebe eventuais reclamações, tendo o governo, através do ministro da Defesa e Assuntos Parlamentares, Armindo Maurício, feito um apelo público para que quaisquer situações anómalas sejam denunciadas e, posteriormente, rectificadas.

O processo eleitoral autárquico cabo-verdiano arrancou oficialmente a 31 de Janeiro, início do prazo legal para a apresentação das candidaturas, que termina na próxima terça-feira, dia 10.

A campanha eleitoral vai decorrer entre 04 e 19 de Março, de forma a que, entre o final da campanha e o dia do escrutínio, 21 de Março, os eleitoras tenham um período de 24 horas para reflexão, como prevê a lei eleitoral do país.

Em comunicado distribuído na semana passada, a Comissão Nacional de Eleições (CNE) divulgou a distribuição de mandatos para as assembleias municipais e câmaras, surgindo, de acordo com o último censo, realizado em 2000, os concelhos da Praia (capital), São Vicente, Santa Catarina e Santa Cruz, como os que têm maior número de eleitores. Estes quatro municípios dispõem de nove mandatos para a câmara e 21 para as assembleias municipais.

Cabo Verde tem, de acordo com o censo de 2000 feito pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), 434.625 habitantes, distribuídos por nove das 10 ilhas que compõem o arquipélago.

O número total de eleitores, 248.302 nas últimas contas, deverá sofrer uma alteração significativa com o processo de actualização dos cadernos eleitorais, em curso até 20 de Fevereiro, onde milhares de falsos eleitores deverão ser "apagados", nomeadamente em consequência de duplas inscrições e óbitos.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem