As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Governo avança com reforma das Forças Armadas
- 6-Feb-2004 - 19:06

O governo de Cabo Verde vai discutir no próximo dia 19, em Conselho de Ministros, a questão da segurança nacional e a reforma das Forças Armadas, revelou fonte do executivo cabo- verdiano.


Na quinta-feira, o Chefe de Estado Maior das Forças Armadas (CEMFA), coronel Antero de Matos, proferiu duras críticas à ausência de debate na sociedade cabo-verdiana sobre a reforma das Forças Armadas e sobre as questões da segurança nacional.

Antero de Matos adiantou que esta discussão é fundamental porque existe hoje a possibilidade de "interesses económicos imediatos poderem colocar em risco a soberania nacional".

O ministro da Presidência do Conselho de Ministros de Cabo Verde, Arnaldo Andrade, questionado sobre as críticas proferidas pelo CEMFA, disse hoje que está previsto para o próximo dia 19 uma reunião do Conselho de Ministros especializada para debater a questão da segurança nacional e a reforma das Forças Armadas.

"Este é um tema que foi a Conselho de Ministros por duas vezes em 2003 e regressa agora em Fevereiro", adiantou, acrescentando: "creio que todos estamos de acordo de que esta é uma questão que deve interessar a toda a gente e que ainda não começou a ser discutida profundamente na sociedade" cabo- verdiana.

Arnaldo Andrade disse ainda que a reforma das Forças Armadas "é algo que vai ser feito, está no programa do governo - do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) -, e que está assumido por todas as forças políticas como um objectivo".

"No entanto, o modo de o fazer e o que isso significa tem abordagens diferentes nos diversos sectores da sociedade", disse.

O governante concordou com o CEMFA sobre a questão da ausência de debate ao afirmar que o governo tem agendada a discussão sobre esta matéria, mas que é verdade que "a sociedade cabo-verdiana terá igualmente que se debruçar sobre ela profundamente".

Quanto ao risco de interesses económicos poderem colocar em causa a soberania nacional, Arnaldo Andrade não se pronunciou, reafirmando apenas que haverá uma reunião do Conselho de Ministros "especializada" sobre esta temática.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem