As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Economia cresceu 7% e inflação fixou-se em 1,2% em 2003
- 13-Feb-2004 - 18:30

A economia cabo- verdiana cresceu 7 por cento em 2003, enquanto a inflação se fixou em 1,2 por cento, anunciou hoje o Governo de Cabo Verde.


Estes dados foram avançados pelo ministério das Finanças, Planeamento e Desenvolvimento Regional, que hoje esteve reunido para fazer o balanço da situação financeira do país.

O secretário de estado das Finanças, João Serra, afirmou que agora o maior desafio de Cabo Verde é a saída do país do grupo dos Países Menos Avançados (PMA), o que acarreta a perda de vantagens nos empréstimos.

"Temos que fazer um esforço interno ainda maior no sentido da arrecadação de mais receitas, da aplicação correcta dessas receitas, tudo isso para o desenvolvimento económico do país", afirmou.

Para conseguir mais receitas o país pretende alargar a base tributária, defendendo o governante que "devem ser mais aqueles que pagam impostos".

Outro assunto tratado na reunião do Ministério das Finanças foi a criação do IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado), que incide sobre as transacções.

Sobre este assunto João serra garante que o governo já estava "consciente das dificuldades iniciais da sua implementação, mas no "cômputo geral, o processo está a decorrer normalmente".

"Temos os dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) que apontam para uma baixa da inflação no mês de Janeiro, o que deita por terra a argumentação de que o IVA iria provocar aumento de preços", sublinhou.

Ainda durante a reunião do Ministério Finanças propôs- se a criação de um gabinete de estudos estratégicos, que vai desempenhar um papel importante na implementação das políticas do governo para as áreas das finanças e do planeamento.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem