As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
13 partidos e três coligações nas legislativas de 28 de Março
- 25-Feb-2004 - 21:50

A Comissão Nacional de Eleições da Guiné-Bissau sorteou hoje as posições nos boletins de voto dos 13 partidos e três coligações que vão apresentar-se às legislativas de 28 de Março, pondo termo às dúvidas sobre quem concorre no escrutínio.


De fora da lista ficou o Partido do Manifesto do Povo (PMP), do antigo primeiro-ministro Faustino Imbali, não tendo qualquer fonte oficial explicado a ausência desta formação política.

Fonte do Supremo Tribunal de Justiça, entidade a quem cabe analisar e aprovar as listas de candidatos, disse que existe uma formação política que não cumpriu os requisitos legais para se apresentar na corrida das legislativas, mas não adiantou o nome.

O sorteio decorreu na sede da Comissão Nacional de Eleições (CNE), em Bissau, na presença do presidente deste órgão, Higino Cardoso, e de representantes da maioria dos partidos que vão apresentar-se às eleições.

Os nomes dos partidos que vão surgir no boletim de voto - seguido dos respectivos candidatos a primeiro-ministro - são os seguintes:

Partido Socialista Guineense (PSG) - Cirilo Rodrigues.

Aliança Popular Unida (APU, coligação de dois partidos) - João Tátis Sá.

Partido Democrático Guineense (PDG) - Eusébio Silva.

Partido da Renovação e Progresso (PRP) - Mamadu Uri Baldé.

União Nacional para o Desenvolvimento e Progresso (UNDP) - Abubacar Baldé.

Partido da Renovação Social (PRS) - candidato desconhecido.

Plataforma Unida (PU, coligação de cinco partidos e de um grupo de cidadãos independentes) - Hélder Vaz Lopes.

Partido Democrático Socialista Guineense (PDSG) - João Seco Mané.

União Eleitoral (EU, coligação de quatro partidos) - Joaquim Baldé.

Partido Unido Social Democrático (PUSD) - Francisco Fadul.

Resistência da Guiné-Bissau (RGB) - Salvador Tchongó.

Movimento Democrático Guineense (MDG) - Silvestre Alves.

Partido Africano de Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) - Carlos Domingos Gomes.

Fórum Cívico Guineense/Social Democracia (FCG/SD) - Antonieta Rosa Gomes.

União para a Mudança (UM) - Amine Saad.

Partido da Unidade Nacional (PUN) - Idrissa Djaló.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem