As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Cafés «Fama» levam arte e tradição para o mundo
- 8-Mar-2004 - 15:36

O "O Ciclo do Café", conhecido quadro do pintor cabo-verdiano Luís de Mello, exposto desde 1969 num dos mais tradicionais cafés da Cidade da Praia, o "Cachito", vai "viajar" pelo mundo por iniciativa da empresa de cafés "Fama".


As embalagens da nova Colecção de cafés, com origem na ilha de Santo Antão, onde este se produz desde o século XVIII, foram, explicou à Agência Lusa Carlitos Fortes, administrador da "Fama", inspiradas no quadro "O Ciclo do Café".

Como o título indica, "O Ciclo do Café" de Luís de Mello retrata uma das mais antigas tradições do arquipélago, apesar de pouco conhecida, que é a cultura do café.

O café de Santo Antão, a mais verde das nove ilhas habitadas de Cabo Verde, de variedade Arábica, tem, segundo os especialistas, um aroma poderoso, paladar único e "excelente qualidade", condição essencial, segundo Carlitos Fortes, para que a empresa tenha decidido apostar na exportação do produto.

A estratégia de exportação do café passa pela aposta na arte e na tradição, onde a pintura de Luís de Mello retrata os métodos de produção com uma estética insular.

Como "pivots" desta estratégia, a "Fama" conta com a diáspora cabo-verdiana numa primeira fase, nomeadamente em mercados como Portugal, França e Estados Unidos da América.

Depois, com a qualidade do produto, a empresa espera, "naturalmente", conquistar, nomeadamente em Portugal, os exigentes consumidores de café para os sabores, a tradição e os aromas de Santo Antão, sublinha Carlitos Fortes.

"O que pretendemos com esta iniciativa é conseguir que a velha tradição de beber café seja possível, através de novas técnicas de torrefacção, num mercado nacional e internacional", explicou.

Sendo impossível, nas modernas sociedades, levar aos consumidores as técnicas artesanais de feitura de um bom café, "porque falta tempo e porque isso implica custos que são insuportáveis", a aposta da "Fama" vai no sentido de "recriar todo um ambiente" que permita ter numa chávena todo o sabor e toda a tradição de um café das ilhas de Cabo Verde.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem