As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Missão de observadores da CPLP chega sexta-feira
- 18-Mar-2004 - 17:51

A missão de observadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) para as eleições legislativas de 28 deste mês na Guiné-Bissau, composta por 32 elementos, chega sexta- feira ao país, informou hoje fonte da organização.


Segundo a assessora de imprensa da CPLP, a missão será chefiada pelo secretário executivo adjunto da organização, o moçambicano Zeferino Martins.

Do total de elementos da missão apenas o de Cabo Verde e os dois de São Tomé chegam mais tarde a Bissau, no dia 24.

A fonte da organização explicou que da parte do secretariado executivo da CPLP seguem para a Guiné-Bissau dois elementos, sendo a restante delegação composta por 10 observadores de Portugal, cinco de Angola, sete do Brasil, um de Cabo Verde, dois de Moçambique, dois de São Tomé e Príncipe e três de Timor-Leste.

Os observadores brasileiros, acrescenta a fonte, já se encontram na Guiné-Bissau há algum tempo para apoio técnico à Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Já em Bissau, os observadores da CPLP efectuarão visitas à CNE e às várias Comissões Regionais de Eleições (CRE).

No dia anterior às eleições, a missão do espaço lusófono é distribuída por equipas multinacionais, compostas por duas pessoas cada. Cada equipa observará 10 secções de voto, e fica numa durante a contagem, acompanhando depois o processo até à entrega dos resultados à respectiva CRE.

No próprio dia das eleições, bem como no dia seguinte, os observadores da CPLP reúnem-se e elaboram um comunicado conjunto a dar conta do resultado da missão, estando previsto que fiquem em Bissau até dia 02 de Abril.

A mesma fonte adianta que além da missão da CPLP está já confirmada a presença de 10 observadores do Senegal, quatro da Gâmbia, dois da Rússia, um da Mauritânia e 10 da Organização Internacional da Francofonia (OIF).

Os Estados Unidos, a Holanda e a Alemanha enviarão diplomatas acreditados em Dacar, mas que não terão o estatuto de observadores.

Estas são as primeiras eleições na Guiné-Bissau após o golpe de Estado de 14 de Setembro que levou à demissão do presidente Kumba Ialá. Concorrem a estas legislativas 15 formações políticas.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem