As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Escrutínio decorreu com normalidade, afirmam técnicos da CPLP
- 22-Mar-2004 - 21:16

Um grupo de técnicos eleitorais de quatro Estados da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) considerou hoje que as autárquicas de domingo em Cabo Verde decorreram com "normalidade e elevação".


Em conferência de imprensa, Andrade Pereira, director- geral do Secretariado Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral de Portugal, disse que o decorrer do escrutínio nas assembleias de voto demonstrou "muita seriedade".

"Nós assistimos a uma manifestação de cidadania e elevação cultural da parte do povo de Cabo Verde que registamos com muito agrado", adiantou.

"Em muitos concelhos, notamos que havia candidatos que já tiveram lugar de destaque na política de Cabo Verde e isso é um sinal de humildade e cidadania notáveis", afirmou.

Os Técnicos de Administração Eleitoral de Angola, Timor-Leste, Moçambique e Portugal deslocaram-se a Cabo Verde a convite do governo cabo-verdiano tendo seguido de perto a votação em diversas assembleias na ilha de Santiago.

Os técnicos convidados foram hoje recebidos pelo ministro da Defesa e Assuntos Parlamentares, responsável governamental pelo processo eleitoral, a quem expuseram as suas críticas e deram sugestões para a melhoria do sistema.

Segundo Tomás Cabral, director do Secretariado Técnico da Administração Eleitoral de Timor-Leste, as eleições em Cabo Verde demonstraram que o país está avançado no que toca à organização de eleições.

O representante de Angola, José Santana, director nacional dos Assuntos Autárquicos, referiu, por seu turno que algumas situações poderão ser corrigidas no futuro, nomeadamente a existência de bares abertos a menos de 500 metros das mesas de assembleia de voto e nomes constantes nos cadernos que não coincidem com os dos documentos.

A apreciação feita pelos técnicos contrasta com a posição do maior partido da oposição em Cabo Verde, que referiu a existência de ilegalidades em assembleias de voto na Cidade da Praia e admitiu a possibilidade de impugnar o acto eleitoral no município da capital.

De acordo com resultados ainda provisórios do escrutínio, o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder) conquistou seis câmaras das 17 existentes no país, incluindo as três mais populosas - Praia, Santa Catarina e Santa Cruz, em Santiago.

Por seu turno, o Movimento para a Democracia (MpD, maior partido da oposição) venceu com listas próprias em nove municípios e em mais dois com listas independentes, conquistando um de total 11 câmaras.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem