As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Partido no poder vai debater remodelação do governo
- 26-Mar-2004 - 19:38

A Direcção Nacional do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder) vai debater uma eventual remodelação do executivo, em reunião a realizar muito em breve, anunciou o vice presidente da organização.


Segundo Basílio Ramos, que é também ministro de Estado e da Saúde no executivo de José Maria Neves, a reunião do PAICV não tem ainda data marcada, mas é certo que a questão da remodelação será discutida.

Basílio Ramos, que falava em conferência de imprensa, negou, no entanto, que o assunto da remodelação tenha sido debatido na Comissão Política do PAICV de terça-feira passada, em que foram analisados os resultados das eleições autárquicas de domingo anterior.

"Evidentemente que o PAICV não é um partido autista, nós entendemos os sinais que vêem da sociedade e a direcção do partido reunir-se-á nos próximos dias para tomar as medidas que se impõem", incluindo a "hipótese" da remodelação, disse.

No entanto, o primeiro-ministro, José Maria Neves, segundo admitiram à Agência Lusa fontes do executivo, vai mesmo avançar para uma remodelação a curto prazo.

Esta possibilidade, de acordo com as mesmas fontes, não é uma surpresa, porque o chefe do executivo e presidente do PAICV, José Maria Neves, já tinha anunciado, há vários meses, uma remodelação para depois das autárquicas.

Os resultados do PAICV nas autárquicas, que perdeu uma autarquia (passando de sete para seis), poderão , sublinham as fontes, "apressar o cenário da remodelação".

Entretanto, o PAICV continua a enfatizar que teve uma "maioria sociológica" nas autárquicas de domingo, em oposição aos gritos de vitória do maior partido da oposição, o Movimento para a Democracia (MpD), sustentados na conquista de um maior número de câmaras, nove, e duas onde apoiou uma lista vencedora de independentes.

De acordo com Basílio Ramos, os dados disponíveis neste momento dão conta que o seu partido teve cerca de 51 mil votos e o MpD 46 mil.

"Estamos com mais de 5 mil votos acima do MpD, dominamos e mantemos os principais círculos eleitorais do país - Praia Santa Catarina, Santa Cruz e São Filipe - pelo que consideramos que sociologicamente somos o partido maioritário em Cabo Verde, embora, em termos numéricos, tenhamos menos câmaras", disse.

Basílio Ramos reconheceu no entanto que dois dos objectivos preconizados pelo seu partido, que eram manter as câmaras e ganhar mais algumas, não foram atingidos.

"Se considerarmos em termos numéricos as câmaras, evidentemente há um vencedor que é o MpD. Mas se tivermos em conta quem é o partido maioritário em Cabo Verde é evidente que é o PAICV", afirmou.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem