As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Projecto da Cidade Velha devolve identidade a cabo-verdianos
- 31-Mar-2004 - 15:19

O Presidente da República de Portugal, Jorge Sampaio, salientou hoje a importância da recuperação da Cidade Velha, antiga capital de Cabo-Verde, ou afirmar que ela devolve a identidade aos cabo-verdianos.


"Este projecto tem como grande virtude devolver aos cabo- verdianos um símbolo da sua identidade", disse o chefe de Estado português, durante uma visita à Cidade Velha, durante a qual foram inauguradas as obras de restauro da Sé Catedral da antiga cidade.

A Sé Catedral da antiga capital cabo-verdiana começou a ser construída no século XVI e é considerada o monumento mais emblemático da cidade, antigamente denominada Ribeira Grande.

O projecto de recuperação da Cidade Velha está a ser financiado por Espanha, Portugal e Cabo Verde, um apoio tripartido que Jorge Sampaio elogiou por permitir angariar maiores recursos para a recuperação patrimonial.

Para além da importância histórica da Cidade Velha, fundada em 1462, as intervenções em curso têm como objectivo a sua futura classificação como património da humanidade pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura).

Um objectivo que, segundo o presidente português, permite juntar forças para que portugueses e cabo-verdianos continuem unidos após séculos de história conjunta.

A Cidade Velha terá sido o primeiro ponto do arquipélago cabo- verdiano onde acostaram os descobridores portugueses, em 1460.

Como zona administrativa, foi cedida pela coroa portuguesa ao navegador genovês António de Noli, que terá criado a primeira colónia com familiares, habitantes do Algarve e Alentejo e frades franciscanos.

Interposto de escravos africanos com destino ao continente americano, a sua baía foi palco de grandes batalhas navais, nomeadamente com as frotas do almirante inglês Francis Drake (século XVI).

A destruição causada pelo corsário francês Jacques Cassard, no século XVIII, levou a coroa portuguesa a transferir a capital do arquipélago para a Cidade da Praia, em 1769.

Jorge Sampaio, que iniciou segunda-feira uma visita de Estado de cinco dias a Cabo Verde, desloca-se ainda hoje à Ilha do Fogo, de onde segue para a Ilha de São Vicente, onde vai permanecer até sexta- feira, dia em que deixa o arquipélago.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem