As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Menos mortos nas estradas apesar do aumento de acidentes
- 2-Apr-2004 - 19:56

Cabo Verde tem registado uma diminuição do número de mortos nas estradas, nos últimos anos, apesar do aumento de acidentes de viação.


Dados hoje divulgados pela Direcção Geral de Transportes Rodoviários mostram que foram registados, em 2003, 3.448 acidentes, mais 162 do que o ano anterior.

No entanto, o número mortos nas estradas tem vindo a diminuir tendo-se registado 47 em 2003, 64 em 2002 e 74 em 2001.

Em relação a feridos, a tendência é a mesma: 779 (2003), 792 (2002) e 800 (2001). De acordo com o director- geral dos Transportes Rodoviários, Jeremias Furtado, as causas dessa diminuição resultam das medidas levadas adoptadas ultimamente.

"Temos feito uma campanha de segurança rodoviária com base num estudo de identificação dos principais factores de risco, para melhorar a segurança, envolvendo toda a sociedade civil", afirmou.

Apesar da diminuição do número de sinistrados nas estradas cabo-verdianas, Jeremias Furtado, defendeu que há necessidade de plano nacional de segurança rodoviária.

"Acredito que medidas urgentes devem ser tomadas, numa abordagem integrada num plano nacional de segurança rodoviária cuja exequibilidade deverá concentrar todos os organismos do Estado e também da sociedade civil", explicou.

Hoje de manhã, o Ministério da Saúde, em concertação com a Protecção Civil, realizou um colóquio sobre a cultura de prevenção e segurança.

O ministro da Saúde, Basílio Ramos, explicou que a principal causa de acidentes em Cabo Verde tem haver com manobras perigosas, o que pressupõe que "é preciso agir sobre a mudança de comportamentos".

O colóquio enquadra-se nas comemorações do dia Mundial da Saúde (7 de Abril), este ano consagrado ao tema "Segurança na Estrada".


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem