As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Líder da coligação APU põe cargo de deputado à disposição
- 6-Apr-2004 - 16:31

O presidente Aliança Popular Unida (APU), Fernando Gomes, único candidato desta coligação a ser eleito deputado nas eleições legislativas de Março na Guiné-Bissau, manifestou hoje a intenção de "não aceitar" o lugar de parlamentar no futuro Parlamento.


Numa conferência de imprensa em Bissau, Fernando Gomes pôs, contudo, à disposição os cargos de líder da APU e também de presidente da Aliança Socialista Guineense (ASG), uma das duas forças que integram a coligação.

Fernando Gomes sublinhou que o facto de a APU ter eleito apenas um deputado constitui uma "derrota humilhante" e que cabe ao líder da coligação assumir a responsabilidade pelo "desastre" registado nas eleições de 28 e 30 de Março.

"Chegámos ao fim desta caminhada e a APU não conseguiu atingir os seus objectivos. Quem perguntar de quem é a culpa, respondo que fui eu e que tudo foi um desastre. Foi uma derrota humilhante para a coligação que dirijo", afirmou.

No entanto, se em relação aos cargos de líder da coligação e da ASG, a decisão é definitiva, o de deputado, ressalvou, terá ainda de ser discutido com o eleitorado que o elegeu no círculo 20, que abrange as localidades de Caió e Canchungo, litoral oeste da Guiné-Bissau.

"Eu não abdiquei do cargo de deputado. Fui eleito e não quero trair o meu eleitorado. Por isso, vou tentar explicar-lhe a situação e, se o conseguir convencer, porei então à disposição o meu cargo de deputado. Se o povo desse círculo entender que não, então talvez eu continue", afirmou Fernando Gomes, que se declarou "primeiro e talvez único responsável" pelo desaire eleitoral, adiantou que a coligação, que integra também o Partido Popular Guineense, de João Tátis Sá, "vai continuar", mas não consigo à frente, pois não se sente "em condições morais e políticas" para o fazer.

"Sinto que não é justo, neste momento triste e doloroso para todos os dirigentes e militantes, ser eu o único a beneficiar desse estatuto de deputado", acrescentou Fernando Gomes, antigo líder da Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH).

Quanto ao seu futuro político, Fernando Gomes disse não saber ainda o que vai fazer, sublinhando, contudo, que está à disposição da direcção da coligação "para qualquer cargo que entenda".

Das 15 forças políticas que se apresentaram às legislativas, a APU obteve, a nível nacional, o décimo lugar, segundo os resultados finais provisórios oficiais, divulgados domingo pela Comissão Nacional de Eleições (CNE).

No entanto, e graças ao Método de Hondt, acabou por eleger um deputado nas localidades de Caió e Canchungo, tornando-se numa das cinco forças políticas que conseguiram assentos para o Parlamento.

O Partido Africano de Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) venceu a votação e elegeu 45 deputados, seguido pelo Partido da Renovação Social (PRS, 35), Partido Unido Social-Democrata (PUSD, 17) e pela coligação União Eleitoral (UE, dois).


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem