As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Conselho de Segurança da ONU saúda o desenrolar das eleições
- 7-Apr-2004 - 14:22

O Conselho de segurança da ONU saudou a forma como decorreram as eleições legislativas o mês passado na Guiné-Bissau e encorajou o país a trabalhar em prol da reconciliação nacional.


O Partido Africano de Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) venceu, sem maioria absoluta, as eleições legislativas realizadas na Guiné-Bissau a 28 e 30 de Março, segundo os resultados divulgados domingo pela Comissão nacional de eleições (CNE).

O Partido da Renovação social (PRS) do antigo presidente Kumba Yala, que tinha sido derrubado em Setembro passado durante um golpe de Estado, contestou os resultados da votação.

Numa declaração, o Conselho de Segurança "felicitou o povo da Guiné-Bissau pelo seu sentido cívico durante estas eleições e encorajou-o a prosseguir a mesma via".

Tomou também nota dos esforços levados a cabo "pelo poder interino e pelo povo para promover a reconciliação e a restauração dos poderes democráticos".

O Conselho manifestou ainda preocupação pela situação económica do país, um dos mais pobres do mundo, e apelou às instituições financeiras internacionais para "continuarem a prestar atenção urgente à situação na Guiné-Bissau".


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem