As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Primeiro-ministro vai anunciar modernização do sector financeiro
- 15-Apr-2004 - 19:25

O primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, anunciou que o governo vai efectuar na próxima semana uma "profunda modernização" do sector financeiro para criar novas opções de investimento no arquipélago.


José Maria Neves, que discursava na abertura do fórum "Movimento Associativo Cabo-verdiano na Diáspora", explicou que a medida está relacionada com os Fundos Mobiliários e Imobiliários, Fundos de Pensões e a regulamentação do "featuring" e do "leasing".

Depois de apresentar as principais decisões tomadas nas diferentes áreas de governação e os projectos do executivo para os próximos dois anos de mandato, José Maria Neves disse que os sectores do turismo e da indústria ligeira poderão funcionar como motores do desenvolvimento em Cabo Verde.

"Pensamos que Cabo Verde poderá ser um país competitivo no domínio financeiro se aproveitar todas as suas potencialidades ligadas ao mar, se houver uma forte coesão social e for capaz de melhorar a qualidade do seu ambiente", sublinhou.

O primeiro-ministro cabo-verdiano apelou os participantes no fórum para analisarem e apresentarem soluções para as questões importantes ligadas ao desenvolvimento do país, nomeadamente como a diáspora poderá contribuir para a criação da Universidade de Cabo Verde e o que os emigrantes devem fazer para aumentar os investimentos no arquipélago.

O papel dos imigrantes na atracção de mais investimentos estrangeiros no arquipélago, a formação profissional e uma melhor inserção dos jovens das segundas e terceiras gerações são outras questões apontadas pelo chefe do executivo cabo-verdiano.

"Se encontrarmos essas soluções estaremos a dar uma grande passo para construirmos um grande Cabo Verde", conclui José Maria Neves.

O fórum, que vai decorrer duante quatro dias, é promovido pelo Instituto das Comunidades e nele participam 52 dirigentes associativos cabo-verdianos residentes em 16 países.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem