As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Governo em formação, PAIGC e PUSD ultimam acordo parlamentar
- 22-Apr-2004 - 16:52

O futuro governo guineense deve ser divulgado ainda hoje ou, o mais tardar, sexta-feira, depois de o presidente da Guiné-Bissau ter já endereçado um convite formal ao partido vencedor das eleições, PAIGC, para formar o executivo.


Fonte da Presidência guineense adiantou que Henrique Rosa vai ainda ouvir as forças políticas com futura representação parlamentar, sublinhando que tal nada tem a ver com o convite ao Partido Africano de Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC).

A composição do futuro executivo tem sido rodeada de grande secretismo e, ao contrário do que foi habitual na Guiné-Bissau, poucos têm sido os rumores sobre os ministeriáveis, sabendo-se unicamente que o primeiro-ministro será o líder do PAIGC.

Carlos Gomes Júnior, conhecido popularmente por Cadogo, não abriu o jogo e sublinhou tratar-se de uma questão que, a seu tempo, será divulgada publicamente.

O mesmo sucede em relação a uma eventual participação no governo de dirigentes da agora oposição, com Carlos Gomes Júnior a limitar-se a indicar que todas as hipóteses estão em aberto.

Hoje de manhã, prosseguiram, contudo, as "negociações" entre delegações do PAIGC e do Partido Unido Social-Democrata (PUSD), mas versam unicamente a possibilidade de um acordo inter-parlamentar, disse Aristides Gomes, vice-presidente da força política vencedora das legislativas de Março último.

Segundo Aristides Gomes, chefe da delegação do PAIGC (partido que elegeu 45 deputados), nada está ainda definido, pelo que as "conversas" vão prosseguir sexta-feira numa unidade hoteleira de Bissau.

Por seu lado, Armando Procel, chefe da delegação do PUSD, partido liderado por Francisco Fadul e que elegeu 17 parlamentares, nada adiantou sobre o encontro.

Quarta-feira, Fadul manifestou "total disponibilidade" do PUSD em "ajudar" o PAIGC a cumprir os pressupostos contidos no programa de governação do partido vencedor.

Sem adiantar se o PUSD vai integrar o executivo, Fadul disse que o seu partido está disposto a "negociar" cargos nos "serviços do estado", como no Parlamento, Comissão Nacional de Eleições (CNE), Inspecção Superior Contra a Corrupção (ISCC), Conselho nacional da Comunicação Social (CNCS), empresas públicas e sociedades mistas.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem