As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Futuro de Angola está
nas mãos de «Nandó»

- 10-Dec-2002 - 0:11

O novo primeiro-ministro de Angola, Fernando dos Santos "Nandó", definiu como prioridades do seu Governo a consolidação do processo democrático, a transparência da gestão pública, o controlo da inflação e o combate à pobreza. A tarefa não é nada fácil. Aliás, nesta altura, nada é fácil se bem que, com a paz, tudo seja possível. Os angolanos podem, mais uma vez, mostrar que são capazes. Assim o entendam o Governo, a Oposição, a sociedade civil e, importa reafirmá-lo, a comunidade internacional, nomeadamente a Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa.

Angola, actualmente com cerca de 13,9 milhões de habitantes, terá 53 milhões de pessoas em 2050. Em termos de mortalidade infantil, é o oitavo país com maior índice com 118 casos em cada mil. Em relação à esperança de vida à nascença ela é 44,5 para os homens e 47,1 anos para as mulheres. Quanto à percentagem de número de partos assistidos por técnicos qualificados, em que a média dos países pobres ronda 34 por cento, Angola tem uma taxa de 23 por cento. Em relação ao rendimento "per capita", cuja base são dados de 2000, Angola regista 1.180 euros (em Cabo Verde é, por exemplo, de 4.760 euros e em Portugal 16.990 euros).

Por aqui se vê o muito que é preciso fazer, mau grado as grandes riquezas do país.

O QUE DIZ O PRIMEIRO-MINISTRO

No discurso de posse como primeiro-ministro, Fernando dos Santos apelou aos membros do seu Governo para primarem pela «transparência na gestão da administração pública».

Segundo o primeiro-ministro, «agora que se alcançou a paz, estão criadas as condições para a consolidação do processo democrático e para o aperfeiçoamento dos mecanismos de boa governação e de um elevado espírito de cumprimento do dever».

«Reiteramos a necessidade da continuação do diálogo com todas as forças políticas, órgãos de concertação social, sociedade civil e as igrejas para o aprofundamento da reconciliação nacional e do espírito de concordância", disse «Nandó».

Fernando "Nandó" destacou os problemas de natureza social como sendo os que devem merecer a maior atenção do seu executivo e reconheceu como problema grave a situação dos refugiados de guerra, que vivem da caridade, e assumiu que a consolidação da paz e da reconciliação nacional precisa da reinserção produtiva condigna dos desmobilizados.

O controlo da inflação será, em termos económicos, a grande meta do seu Governo: «estamos seguros que a estabilidade macroeconômica é a condição essencial para o sector produtivo, através de acções combinadas de investimento público e de atracção e promoção de investimento privado e estrangeiro».

QUEM É FERNANDO DA PIEDADE DIAS DOS SANTOS «NANDÓ»

Fernando da Piedade Dias dos Santos «Nandó», tem um percurso político e militar de sucesso desde que desertou das fileiras do Exército colonial português.

Natural de Luanda, onde nasceu em 1952, «Nandó» integrou, de forma obrigatória na época colonial, o Exército português, período durante o qual, face aos seus ideais nacionalistas, esteve detido no Centro de Instrução de Comandos de Luanda.

Em consequência dessa situação, desertou a 23 de Junho de 1974 e juntou-se à guerrilha do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA).

No período pós-independência, depois de assumir funções nas extintas Fapla (Forças Armadas Populares de Libertação de Angola) e na Polícia Nacional, ocupou, em 1976, o cargo de vice-ministro da Segurança do Estado. Dez anos depois, em 1986, chegou a vice-ministro do Interior e comandante geral da Polícia Nacional.

Até ser nomeado primeiro-ministro, Fernando da Piedade dos Santos «Nandó» era ministro do Interior, coordenador do processo de Paz e Reconciliação e membro do Bureau Político do partido no poder, o MPLA.

OS NOVOS MINISTROS DE ANGOLA

Entre os novos ministros nomeados no governo de Fernando da Piedade Dias dos Santos «Nandó» estão o ministro Adjunto do primeiro-ministro, o ex-governador do Banco Nacional de Angola, Aguinaldo Jaime, e o ministro do Interior e o ex-embaixador de Angola em Portugal, Osvaldo Serra Van-Dúnem.

O Ministério das Pescas passa a ter como titular Salomão Xirimbimbi, o do Urbanismo e Ambiente, Virgílio Fontes Pereira, e o das Obras Públicas Higino Carneiro, enquanto a Cultura volta a ter Ministério próprio, sendo seu titular o ex-embaixador angolano na Itália, Boaventura Cardoso, que já ocupou esse cargo. Mantêm-se em funções os antigos ministros da Educação, António Burity da Silva, e da Família e Promoção da Mulher, Cândida Celeste.

Outros titulares são os vice-ministros da Juventude e Desportos, Malungo Belo Honoré, das Obras Públicas, Armando Kopingo, e das Pescas, Pedro João António, enquanto Alexandra Simeão foi confirmada no cargo de vice-ministra da Educação.

MANUEL GILBERTO

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem