As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Paulo Miraldo novo secretário-geral das cidades lusófonas
- 7-May-2004 - 19:49

Paulo Miraldo é o novo secretário- geral da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA), em substituição do embaixador Leonardo Mathias, disse uma fonte da instituição.


Leonardo Mathias tinha sido nomeado na assembleia-geral da UCCLA realizada a 19 de Fevereiro passado, para substituir o então secretário-geral, comandante António Homem de Gouveia, mas acabou por manifestar indisponibilidade para o exercício das funções, referiu a mesma fonte.

O novo secretário-geral da UCCLA, Paulo Miraldo, exercia o cargo de director de Relações Internacionais da Galp Energia.

A mesma fonte adiantou que Paulo Miraldo tem "um novo projecto" para a UCCLA, que passa pela "reestruturação da instituição, no sentido de a tornar mais profissional e de promover uma cooperação mais eficaz".

A comissão executiva da UCCLA é presidida, por inerência do cargo, pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Pedro Santana Lopes.

A UCCLA é uma associação intermunicipal de carácter internacional, sem fins lucrativos, e tem como principais objectivos a cooperação entre cidades-membros para promover o progresso e o desenvolvimento.

Fazem parte da UCCLA cidades da Guiné-Bissau, Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Portugal, Brasil e Timor-Leste.

A União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA) vai passar a investir anualmente 2,5 milhões de euros em projectos de recuperação nas cidades dos países de língua oficial portuguesa, valor igual ao que foi investido em 2003.

"Mais de dois milhões de euros de investimentos foram feitos o ano passado e este, e os próximos serão anos de despesa de investimento dessa ordem de grandeza", afirmou recentemente Santana Lopes, que tem salientado a importância dos investidores privados nos projectos da UCCLA.

A UCCLA, criada em 1985 pelo então presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Nuno Krus Abecasis, tem em curso 11 projectos de construção, recuperação e reabilitação em várias cidades dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e em Díli.

Em Novembro de 2002, Santana Lopes decidiu relançar o projecto, nomeadamente através do reforço do orçamento para 2,5 milhões de euros, dez vezes mais que o orçamento de 2001.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem