As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Dezenas de falsas orcas dão à costa na Ilha do Maio
- 8-May-2004 - 17:03

Mais de meia centena de falsas orcas, conhecidas no arquipélago de Cabo Verde por toninhas, deram à costa, moribundas ou já sem vida, próximo da localidade de Ponta Cais, zona norte da ilha do Maio.


As falsas orcas (pseudorca crassidens, nome científico) chegaram à praia na sexta-feira e, de imediato, começaram a ser "retalhadas" pela população local para consumo da carne, bastante apreciada em Cabo Verde, disseram populares contactados no local.

Não é a primeira vez que acidentes deste tipo acontecem em Cabo Verde, tendo-se já registado, no ano passado, encalhes de dezenas de falsas orcas nas ilhas do Maio, Boa Vista e Santa Luzia.

O Instituto Nacional do Desenvolvimento das Pescas (INDP) ainda não apresentou qualquer explicação para o facto.

Entretanto, a bióloga Vanda Marques disse à Rádio de Cabo Verde que este acidente pode ter acontecido devido a um erro de direcção do líder do grupo das falsas orcas.

"Pode ter sido erro de direcção do líder (eventualmente doente) porque, normalmente, as falsas orcas andam em grupo, ou então uma falha do campo magnético da terra (usado na orientação destes mamíferos) pode ter alterado a sua rota", adiantou.

Esta espécie direcciona-se por eco, através de um sistema bio-sonar, que usa o campo magnético da terra como referência.

No entanto, estas hipóteses ainda não foram confirmadas, adiantou a técnica.

Outra preocupação das autoridades é o consumo por parte da população local da carne dos animais encontrados moribundos ou já sem vida.

"Há riscos, porque os peixes chegaram moribundos ou já cadáveres e, infelizmente, já aconteceu outras vezes. E não temos laboratórios para fazer exames que nos permitam dar alguma indicação ou tranquilizar as populações sobre os riscos inerentes ao consumo da carne", afirmou.

As falsas orcas, por causa da sua cor escura e uma barbatana dorsal de tamanho significativo, são, por vezes, confundidas com orcas, comummente denominadas baleias-assassinas, sendo esta a origem do nome pelo qual são conhecidas.

Todavia, o seu tamanho, cinco metros em média, bastante inferior ao das orcas verdadeiras, e o corpo esguio, são elementos que permitem facilmente a sua identificação correcta.

Esta é uma espécie gregária e desloca-se, por vezes, em grupos de mais de uma centena de indivíduos, sendo essa a razão pela qual não são raros os casos semelhantes ao que agora ocorreu na Ilha de Maio.

Estes animais são vulgarmente avistados na proa de embarcações que se deslocam em águas tropicais ou semi-tropicais.

A designação por toninhas usada em Cabo Verde deve-se ao facto de as falsas orcas terem nos tunídeos (atum) um dos seus principais alimentos e serem avistadas com frequência nas proximidades de cardumes de atum no mar de Cabo Verde.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem