As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Avião de fiscalização marítima português mostra do que é capaz
- 28-May-2004 - 18:03

Um avião "P3" da Força Aérea Portuguesa (FAP) chega domingo a Bissau para demonstrar as suas capacidades no domínio da fiscalização marítima nas águas territoriais guineenses, disse hoje à Agência Lusa fonte do Ministério da Defesa da Guiné-Bissau.


Segundo o capitão-de-mar-e-guerra Zamora Induta, o aparelho, totalmente equipado com sonares e outros aparelhos de vigilância, fará vários voos de demonstração sobre as águas territoriais guineenses durante os três dias que permanecerá em Bissau, onde chegará procedente de Cabo Verde.

Nas diferentes demonstrações participarão elementos das Forças Armadas guineenses, para se inteirarem das potencialidades de um avião destas características num país cuja fiscalização marítima é quase inexistente e são comuns os navios de pesca que operam sem autorização.

Zamora Induta não explicou à Lusa se a Guiné-Bissau está a encarar a possibilidade de obter um avião com estas características, sublinhando unicamente que seria uma "excelente aquisição" para o país.

Aquele oficial da Marinha guineense adiantou que as demonstrações inserem-se no quadro da cooperação técnico-militar entre os dois países na área da fiscalização marítima da vasta Zona Económica Exclusiva (ZEE) guineense.

O "P3" chega no mesmo dia em que aterra na capital guineense o "Falcon", também da FAP, que trás a Bissau o ministro da Defesa português, Paulo Portas, para participar segunda e terça-feira na VII reunião dos titulares desta pasta dos oito membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Para a reunião, o governo português enviou também uma fragata da Marinha de Guerra, a Vasco da Gama, em que Paulo Portas obsequiará segunda-feira os participantes na reunião, assim como o presidente do Parlamento guineense, Francisco Benante, e o primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior.

A embarcação será visitada também no mesmo dia pelo chefe de Estado guineense, Henrique Rosa, que, contudo, não participará no jantar por razões de agenda.

À margem do VII Reunião dos Ministros da Defesa da CPLP - Angola, Brasil, Cabo Vede, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste -, Paulo Portas visitará, domingo, o cemitério municipal de Bissau, onde deporá uma coroa de flores nas campas de soldados portugueses mortos durante a guerra colonial (1963/74).

Imediatamente a seguir, Portas, que regressa a Lisboa na tarde de terça-feira, horas após o fim do encontro, efectuará também uma visita às instalações da cooperação técnico-militar portuguesa na Guiné-Bissau, situadas próximo do Quartel-General das Forças Armadas guineenses.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem