As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
«Oito» definem cooperação estratégica para combater terrorismo
- 1-Jun-2004 - 18:03

Os ministros da Defesa da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) vão aprofundar a troca de informação estratégica para fazer face "às ameaças terroristas", devendo, para tal, estudar e analisar o fenómeno em toda a sua dimensão.


A decisão, divulgada num comunicado, foi tomada hoje no final dos trabalhos da VII Reunião dos Ministros da Defesa da CPLP - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste -, em Bissau.

Os oito ministros decidiram aprofundar a troca de informação estratégica para combater os novos riscos e ameaças globais à segurança e defesa dos Estados membros, apoiada no Centro de Análise Estratégica (CAE) da CPLP para os Assuntos de Defesa e Segurança.

Na reunião foram analisadas também as conclusões do trabalho "O Papel da CPLP na Prevenção de Conflitos e de Gestão de Crises Regionais", realizado pelo Centro de Análise Estratégica, cujos resultados serão aprofundados num seminário em Lisboa.

A organização do seminário, que terá lugar este ano, ficará a cargo do Secretariado Técnico para os Assuntos de Defesa e Segurança (SPAD) da CPLP que, em colaboração com o CAE, promoverão, em 2005, um estudo sobre "O Carácter Multidisciplinar da Luta contra o Terrorismo".

Para a liderança do CAE para o período 2004/05, os ministros homologaram a candidatura do coronel Domingos Salazar Manuel, de Moçambique, país que vai acolher a VIII reunião da organização, a realizar em Maio de 2005.

No próximo encontro, as autoridades de Maputo devem então designar para a chefia do centro "uma personalidade de reconhecido mérito e prestígio do meio académico, diplomático, militar ou político que projecte internacionalmente" a instituição.

Os ministros definiram e aprovaram ainda o "acordo técnico" relativo ao apoio a ser prestado este ano por Angola, "como Nação hospedeira", aos militares da CPLP que se deslocarão àquele país para participar no exercício "Felino/2004".

Aprovado foi também o Regulamento dos Jogos Desportivos Militares da CPLP, institucionalizados durante a I Reunião dos ministros da Defesa da comunidade, realizada em Lisboa em Julho de 1998.

A VII reunião dos ministros da Defesa da CPLP começou segunda- feira, tendo, na ocasião, o presidente guineense, Henrique Rosa, apelado à ajuda e solidariedade dos restantes sete Estados membros para apoiar a modernização das Forças Armadas da Guiné-Bissau.

Na declaração final, nada foi adiantado, no entanto, a este respeito, tendo a questão sido levantada novamente hoje, na sessão de encerramento, pelo ministro da Defesa guineense, Daniel Gomes.

Participaram no encontro os ministros de Angola, Kundi Paihama, Brasil, Miguel Ângelo Davena, Cabo Verde, Armindo Maurício, Moçambique, Tobias Joaquim Daí, Portugal, Paulo Portas, e São Tomé e Príncipe, Óscar Aguiar e Sousa, bem como o secretário de Estado da Defesa de Timor-Leste, Roque Rodrigues.

Paulo Portas, na companhia do seu homólogo cabo-verdiano, abandonou Bissau cerca das 15:00 locais (16:00 em Lisboa), com destino a Cabo Verde, onde o ministro português efectua uma visita de trabalho de 24 horas, devendo regressar quarta-feira a Lisboa.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem