As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Conselho Empresarial criado formalmente amanhã
- 3-Jun-2004 - 17:41

A Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) cria sexta-feira oficialmente o Conselho Empresarial, uma ideia lançada há quatro anos, que dá à organização uma nova dimensão económica, particularmente a nível de oportunidades de negócios.

A cerimónia de constituição deste órgão da CPLP realiza-se na sede da organização em Lisboa, e a ministra dos Negócios Estrangeiros, Teresa Gouveia, oferece, em seguida, um almoço aos membros do Conselho e a empresários, políticos e diplomatas, no Palácio das Necessidades.

A decisão de dotar a CPLP de uma vertente económica e empresarial foi tomada na III cimeira de chefes de Estado e de Governo da organização, em Julho de 2000, em Maputo, e dois anos depois, no I Fórum empresarial da comunidade, ficou decidida a criação do Conselho Empresarial.

Neste primeiro encontro, os empresários criticaram a falta de oportunidade para estabelecer novos contactos, considerando a reunião "demasiado institucional".

A criação oficial esteve prevista para o II Fórum empresarial, que se realizou um ano depois, em Fortaleza, no Brasil, mas do encontro saiu apenas uma declaração de empenho para "impulsionar" a criação do Conselho.

Na altura, o então secretário-executivo da organização, o brasileiro Augusto de Médicis, que morreu em meados de Abril deste ano, afirmou que o Conselho deverá "operar como uma grande Câmara de Comércio e Indústria que una os empresários dos oito países da CPLP".

"O Conselho permitirá um acesso maior aos mecanismos de cooperação dos blocos em que os países estão inseridos - União Europeia (UE), União Económica e Monetária dos Estados da África Ocidental (UEMOA) e Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC)".

Segundo uma nota do Ministério dos Negócios Estrangeiros, hoje divulgada, o Conselho Empresarial tem como objectivos promover um contacto mais estreito entre os empresários, a criação e o reforço de associações empresariais, partilha de informação sobre projectos, programa e concursos públicos, desenvolver parcerias, encontrar formas de financiamento e contribuir para a formação de recursos humanos.

Os membros da direcção do conselho já foram eleitos, tendo a presidência da assembleia geral sido atribuída ao brasileiro Ruy Altenfelder Silva, da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, a presidência da direcção ficado a cargo da angolana Albina Faria Africano, em representação da Sonangol, enquanto a presidência do Conselho Fiscal coube ao cabo-verdiano José Ricardo Benoliel, da Associação Comercial de Sotavento.

A criação do conselho ficou a cargo da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Económico e Cooperação (ELO), um "protagonismo" criticado pelo vice-presidente da Confederação Industrial Portuguesa (CIP), Jaime Lacerda, por considerar que esta associação "não é representativa do universo empresarial".

As "associações representativas" como a CIP ou a Associação Empresarial Portuguesa (AEP) têm sido "subalternizadas", considerou o responsável, em declarações à Agência Lusa, em Abril deste ano.

Integram a CPLP Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem