As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Uso informal do português está a diminuir em Cabo Verde e Guiné-Bissau
- 29-Jun-2004 - 10:18

A directora executiva cessante do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), Ondina Ferreira, disse existirem indícios de que o uso informal do português está a diminuir em Cabo Verde e na Guiné-Bissau.


Ondina Ferreira, cujo mandato termina hoje, vai ser substituída no cargo pelo antropólogo cabo-verdiano Manuel Brito Semedo, cuja eleição decorrerá no último dia, terça-feira, da III Assembleia Geral do IILP que decorre na Cidade da Praia, Cabo Verde.

A ainda directora executiva do IILP, sublinha, no entanto, que apesar dos indícios que apontam para o decréscimo do uso informal do português em alguns países da CLPL, "há igualmente sinais positivos".

Avançou à Lusa com o exemplo de São Tomé e Príncipe, onde "existem estudos que permitem afirmar que já há mais de 50 por cento da população a usar no dia a dia a língua portuguesa".

Uma das grandes apostas do IILP para contornar a situação de diminuição do uso da língua portuguesa em países como Cabo Verde e Guiné-Bissau é a criação, actualmente em fase de estudo, do Observatório da Língua Portuguesa.

Todavia, a sua efectivação vai, disse Ondina Ferreira, depender dos meios que forem colocados à disposição da organização, que, por agora, depende apenas das quotas dos membros, que são os países de compõem a Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Na III Assembleia Geral da IILP que decorre na Cidade da Praia vão ser eleitos os novos órgãos de gestão para o biénio 2004/2005, onde tomarão lugar os também novos membros indicados pelos Estados membros da comunidade.

A par da formação do novo corpo da IILP, o instituto aprovou já as contas da gestão cessante.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem