As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Ensino à distância unirá mais os países da CPLP
- 17-Dec-2002 - 19:20

A implementação de um projecto de ensino à distância unirá mais os países da comunidade e ajudará na resolução de problemas comuns nas várias áreas de desenvolvimento, afirmou hoje, em Luanda, o secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), João Augusto de Médicis.

O responsável, que fez esta declaração no final de um encontro com o ministro da Educação, Burity da Silva, disse que este projecto servirá também para estimular o investimento de outros países na área da educação em Angola.

João de Médicis frisou que o encontro serviu ainda para se inteirar dos problemas na área da educação, e saber como a CPLP pode ajudar na implementação de projectos futuros.

O secretário da CPLP falou também com o ministro sobre a possível criação de uma Universidade virtual, cuja proposta será apresentada pela União das Universidades de Língua Portuguesa num encontro que se realizará em Macau em Abril de 2003.

Esta universidade, adiantou, criará uma maior interligação entre os países que integram a comunidade nos diversos domínios.

Para o ministro Burity da Silva, o encontro serviu para o secretário da CPLP inteirar-se do estado da educação no país, bem como para a troca de ideias que visam ajudar no melhoramento do sistema de ensino angolano.

O secretário-executivo da CPLP, que começou hoje a cumprir a sua agenda de trabalho em Luanda, onde se encontra desde segunda-feira à noite, tem ainda programado, para quarta-feira, reuniões de trabalho com os titulares da Administração Pública, Emprego e Segurança Social e da Saúde.

Encontro com a ministra da Família e Promoção da Mulher, com o Presidente da Associação Industrial Angola e visitas ao Centro de Excelência e Desenvolvimento Empresarial e ao Instituto Nacional da Criança estão agendados também para o mesmo dia.

Quinta-feira, o último dia da visita, João Augusto de Médicis encontra-se com o Presidente da Associação das Universidades de Língua Portuguesa, com o Secretário Geral da União dos Escritores Angolanos e com ONGs ligadas ao problema do Hiv/Sida.

De nacionalidade brasileira, João Augusto de Médicis foi eleito para o cargo na quarta Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, em Julho último, em Brasília, em substituição de Dulce Pereira.

Integram a CPLP: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, S. Tomé e Príncipe e Timor Leste.
Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem