As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Número de empresas duplicou de 1999 a 2004
- 20-Jul-2004 - 13:04


Francisco Tavares, presidente do Instituto Nacional de Estatística (INE), espera recensear cerca de 13.000 empresas durante o segundo recenseamento empresarial, que arrancou na segunda-feira nas ilhas de Santiago, Sal e São Vicente e cujos resultados definitivos serão divulgados em Dezembro.


Durante o primeiro recenseamento empresarial realizado em 1999 foram recenseados 6.630 empresas e estabelecimentos em todo o território nacional.

“Vamos poder determinar a evolução da demografia empresarial. Em relação a esta nova operação, uma das novidades será o número de empresas a serem recenseadas e que poderão atingir aproximadamente 13.000”, disse Francisco Tavares.

“O recenseamento vai contribuir para a actualização dos indicadores característicos do tecido empresarial cabo-verdiano, de forma a podermos elaborar uma nova central de dados”, sustentou o presidente do INE.

Segundo Tavares, a disponibilização de estatísticas detalhadas, bem como a listagem das empresas, serão úteis à fluidez da actividade empresarial em Cabo Verde.

Um dos aspectos específicos deste inquérito incide sobre o uso das novas tecnologias de informação, bem como o seu impacto na produtividade das empresas.

Além do número de unidades económicas de tipo empresarial que laboram no território nacional, o primeiro recenseamento empresarial disponibilizou informações relativas ao volume de negócios e empregos criados.

“A operação de 1999 permitiu constatar que o pessoal pesa mais nas empresas do que na Função Pública”, disse Tavares, para a nossa surpresa.

Fonte: Paralelo 14


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem