As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
ONG portuguesa estuda projecto de cooperação na Baía Farta
- 23-Jul-2004 - 18:17


Uma missão da organização não governamental portuguesa Saúde em Português chegou hoje a Luanda para estudar a aplicação de um projecto de ajuda ao desenvolvimento no município da Baía Farta, na província angolana de Benguela.


A missão, que também integra um elemento da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, Portugal, parceira neste projecto, vai permanecer em Angola até 08 de Agosto para realizar um levantamento das necessidades existentes na Baía Farta, nas áreas da saúde e da educação.

O projecto prevê o estabelecimento de parcerias entre a Associação Saúde em Português, o Ministério da Saúde de Angola, o Hospital da Baía Farta e a Congregação das Irmãs de S. José de Cluny.

A Associação Saúde em Português foi criada a 23 de Outubro de 1993 na sequência da realização do I Congresso Internacional de Medicina Familiar dos Países de Língua Portuguesa.

Na reunião, em que participaram representantes de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, S. Tomé e Príncipe e Portugal, foi defendida a necessidade de uma acção concertada dos profissionais de Cuidados de Saúde Primários tendo em vista a protecção e a promoção da saúde das populações dos respectivos países.

No encontro foi aprovada uma declaração em que os profissionais de saúde defenderam a cooperação entre os países de língua oficial portuguesa, de forma a garantir o acesso de todas as populações aos cuidados de saúde primários.

A organização não governamental Saúde em Português, com sede em Coimbra, Portugal, conta actualmente com um quadro de cerca de 700 voluntários, entre médicos, enfermeiros e outros técnicos de saúde.

A sua actividade tem sido desenvolvida nas áreas da assistência médica, formação e investigação, tendo actualmente projectos em curso em Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Brasil, Timor, Macau (China) e Goa (Índia).

Em Angola, esta organização não governamental tem em curso projectos de cooperação nas províncias de Luanda e Cabinda.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem