As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Lula diz que vai assumir «compromisso histórico com África»
- 29-Jul-2004 - 12:34


O presidente brasileiro, Luís Inácio Lula da Silva, de visita oficial a Cabo Verde, declarou na Cidade da Praia que o Brasil vai assumir o seu "compromisso histórico com África".


Assim, o governo brasileiro vai "acelerar as relações com o continente africano", assegurou Lula da Silva, que discursava após ser condecorado, no primeiro dia da sua visita oficial de três dias a Cabo Verde, com a Ordem de Mérito de 1º grau Amílcar Cabral.

"O meu Governo vai assumir com determinação o seu compromisso ético, moral e histórico com África", disse Lula, lembrando que, logo a seguir à Nigéria, o Brasil é o país do mundo com a maior população negra.

Lula da Silva, o primeiro chefe de Estado brasileiro a visitar o arquipélago nos últimos 18 anos, estabeleceu como prioridade, para dar corpo a este compromisso, a ajuda na formação de quadros e no desenvolvimento de áreas como a agricultura e a empresarial.

Já com a medalha ao pescoço, Lula da Silva considerou Amílcar Cabral o "pai" das independência de Cabo Verde e da Guiné-Bissau, referindo-se ao fundador do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) como "o engenheiro das consciências", numa alusão ao facto de Amílcar Cabral ter sido um engenheiro agrónomo de formação.

O presidente brasileiro lembrou ainda que Amílcar Cabral foi "uma referência para várias gerações de brasileiros que lutaram contra a tirania" no seu país, afirmando ainda que o fundador do PAIGC deve ser uma referência para África assumir as responsabilidades do seu desenvolvimento e afirmação.

Respondendo a duas únicas questões sobre política interna - e quebrando assim uma tradição de não falar com a imprensa brasileira fora do país -, Lula garantiu, numa referência ao recente episódio de alegada espionagem industrial que atingiu governantes brasileiros, que todos aqueles que estiverem envolvidos "vão ser punidos", caso seja provada a sua culpa.

Ainda a propósito deste escândalo, disse estar tranquilo e sublinhou que está em curso uma investigação.

Por seu turno, o presidente de Cabo Verde, Pedro Pires, considerou Lula da Silva uma "fonte de inspiração" para todos aqueles que no mundo aspiram à justiça social.

Defendeu que as relações entre os dois países devem ser alvo de um forte desenvolvimento e garantiu que a medalha hoje atribuída a Lula, a mais alta condecoração do Estado cabo-verdiano, vai para lá da mera cortesia diplomática no seu significado.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem