As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Oposição rejeita eleições nos círculos da emigração
- 7-Sep-2004 - 18:25


A principal formação política da oposição guineense, o Partido da Renovação Social (PRS), rejeitou hoje a hipótese avançado pelo governo para a realização de eleições legislativas no chamado círculo da emigração no próximo mês de Dezembro.


Em declarações à Agência Lusa, Carlitos Barai, líder da bancada parlamentar do PRS (35 deputados), disse ser "brincadeira de mau gosto" tal pretensão avançada pelo governo e aceite pela Comissão Nacional de Eleições (CNE), como sendo "exequível".

"Para nós - PRS - isto não passa de brincadeira de mau gosto. É impensável aceitarmos uma coisa dessas, uma vez que a CNE já havia proclamado os resultados definitivos do pleito eleitoral", realizado no passado mês de Março, defendeu Carlitos Barai.

Na passada sexta-feira, o novo presidente da CNE, Malam Mané admitiu a possibilidade de as eleições para escolha dos dois deputados que faltam eleger no chamado círculo da emigração, "Resto de Africa" e "Europa", vir a ter lugar em Dezembro, tal como pretende o governo.

Para o líder do grupo parlamentar do PRS, não se pode aceitar que as eleições legislativas tenham lugar durante dois ciclos quando a lei do país diz que o acto decorre "apenas" numa data.

"Se a CNE publicou os resultados definitivos, os deputados foram investidos no cargo, o Parlamento entrou em pleno funcionamento e o governo, consequentemente, já está em funções. Como é que se pode aceitar agora a realização de eleições nos círculos da diáspora?", questionou Carlitos Barai.

Para o líder do grupo parlamentar do PRS, a ser verdade que o governo tenha manifestado a vontade de realizar eleições para a escolha dos dois deputados então a CNE está a incorrer numa "grande ilegalidade".

Carlitos Barai avisou ainda que, caso o governo, suportado por uma maioria simples no Parlamento - através dos 45 mandatos do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) num universo de 100 deputados - venha a avançar com uma proposta de lei nesse sentido, o PRS votará contra e "fará tudo para chumbar" tal pretensão.

Segundo o líder do partido fundado pelo deposto presidente guineense Kumba Ialá, as eleições nos dois círculos não devem ser realizadas agora porque já é conhecida a tendência do voto.

"Para o PRS aceitar tal pretensão do governo e da CNE era como admitir uma clara e grosseira batota", disse, sublinhando que já nas primeiras eleições multipartidárias realizadas no país, em 1994, não houve votação nos círculos da emigração.

Devido a dificuldades organizativas, a votação nas eleições legislativas de Março não tiveram lugar nos dois círculos, mas o governo do primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior prometeu que as mesmas teriam lugar assim que estivessem reunidas as condições.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem