As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Tropas especiais da CPLP aperfeiçoam capacidade de resposta conjunta
- 9-Sep-2004 - 14:31


O chefe da direcção de comandos e tropas especiais, tenente-general Carvalho Pereira "Meno", disse hoje, em Luanda, que o Exercício "Felino" 2004, a realizar-se em Angola, tem como finalidade aperfeiçoar as capacidades de resposta militar conjunta dos estados membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).


O objectivo fundamental deste exercício é o treino, planeamento, organização e aperfeiçoamento de acções militares no quadro das operações de apoio à paz e ajuda humanitária, explicou o tenente-general Meno, quando fazia a abertura da reunião final de planeamento do Exercício Felino, a ter lugar de 12 a 26 de Outubro na região de Cabo Ledo, província do Bengo.

O general Meno referiu que o continente africano, por continuar mergulhado em conflitos, catástrofes humanitárias, miséria, doenças, economias precárias e os seus sistemas democráticos frágeis, precisa de uma maior atenção no domínio da manutenção da paz e ajuda humanitária.

Nos dias de hoje, a segurança internacional caracteriza-se, por um lado, pela existência duma ameaça global e, por outro, pelo ressurgimento de conflitos regionais, com o consequente aumento de operações de apoio à paz e ajudas humanitárias, sublinhou.

Para o responsável militar, esta profunda alteração da conjuntura política estratégica internacional obrigou o Governo a reanalisar e a reestruturar a metodologia do desempenho das Forças Armadas Angolanas.

Nesta combinação, serão exercitados os procedimentos a aplicar em operações de paz, gestão de crise, escolta a comboios humanitários, postos de observação, reconhecimento, manobras com helicópteros, segurança de altas entidades, tiro e evacuações médicas.

O exercício contará com a participação de efectivos militares de Angola, Brasil, Cabo-Verde, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe. Guiné-Bissau e Timor-Leste estão ausentes.

A decisão da criação do Exercício Felino surgiu de uma proposta apresentada por Portugal, no decorrer da primeira reunião de chefes de Estado Maior das Forças Armadas da CPLP, realizada em Maio de 1999, em Luanda.

Nesta quarta edição do Exercício Felino, cada país membro será representado por 20 militares, cabendo a Angola, na qualidade de anfitrião, 500 efectivos das suas tropas especiais. As anteriores edições realizaram-se em Portugal (2000 e 2001) e Brasil (2003).

A próxima edição terá lugar no arquipélago de Cabo Verde.

Fonte: Angop


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem