As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Adiada aprovação da carteira profissional dos jornalistas
- 20-Sep-2004 - 14:53


O governo cabo-verdiano decidiu adiar a aprovação do projecto de regulamento da carteira profissional dos jornalistas para permitir a associação representativa da classe a apresentação do seu parecer sobre o diploma antes de ser submetido ao Parlamento, soube-se de fonte oficial na cidade da Praia.


O secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro e porta-voz do governo, João Baptista Pereira, anunciou que apesar do executivo ter discutido a proposta, durante uma reunião na semana passada, este decidiu adiar a aprovação da proposta "porque está interessado em receber o contributo dos jornalistas".

A Associação do Jornalistas de Cabo Verde (AJOC) recebeu a proposta elaborada pelo governo para apreciação e posterior apresentação dos subsídios dos profissionais da comunicação
social.

Num primeiro encontro realizado para o efeito com a classe jornalística e equiparados, muitos consideraram que o modelo proposto pelo governo, cujos detalhes não foram revelados, está recheado de incongruências.

Na altura foi sugerido que a proposta do governo fosse submetida à apreciação de um jurista e dos sindicatos para, a partir dos referidos pareceres, ser elaborada uma proposta concreta do regulamento da carteira profissional em nome da classe jornalística.

Logo que estiver na posse do parecer jurídico, a AJOC deverá promover um novo encontro para permitir que os profissionais apresentem ao governo, em tempo útil, a sua contribuição sobre o regulamento da carteira profissional dos jornalistas.

Fonte: Panapress


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem