As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Reclusos e imigrantes sensibilizados para votar nas autárquicas
- 22-Sep-2004 - 19:09


A Associação Morabeza apelou hoje aos reclusos imigrantes do Estabelecimento Prisional do Linhó, em Sintra, para se recensearem e participarem nas eleições autárquicas em Portugal.


O apelo surgiu durante uma sessão de informação realizada pela Associação para a Cooperação e Desenvolvimento Morabeza no Estabelecimento Prisional do Linhó, na qual participaram 27 reclusos imigrantes, a maioria cabo-verdianos.

As próximas eleições para as câmaras e juntas de freguesia realizam-se em finais do próximo ano.

Inserido no projecto "Voto Local Cidadania Local - capacitação da comunidade estrangeira residente em Portugal", a Associação Morabeza realizou pela primeira vez uma sessão de sensibilização para o voto local e recenseamento junto dos reclusos imigrantes.

A presidente da associação, Antónia Pimentel, adiantou à Agência Lusa que iniciativas semelhantes vão realizar-se nos estabelecimentos prisionais de Lisboa, Sintra e Caxias, estando apenas a aguardar por uma resposta dos seus directores.

"Os reclusos, quando saírem da prisão, têm direito a votar nas eleições autárquicas, por isso devem ser sensibilizados para os seus direitos de cidadania", disse Antónia Pimentel para explicar as sessões de informação junto dos imigrantes detidos.

De acordo com a mesma responsável, os documentos necessários e os locais onde podem recensear-se foram as questões mais levantadas pelos imigrantes.

Muitos dos estrangeiros detidos têm as autorizações de permanência ou residência em Portugal caducadas, pelo que a Associação Morabeza comprometeu-se a tratar da legalização, uma vez que esta é uma das condições necessárias para poderem recensear-se, afirmou.

Os cidadãos de Cabo Verde, Brasil, União Europeia, Argentina, Chile, Israel, Noruega, Peru, Uruguai e Venezuela a viver em Portugal podem votar nas eleições autárquicas.

Nesse sentido, a Associação Morabeza têm vindo a realizar, desde 2002, acções de sensibilização junto dos imigrantes para se recensearem e votarem.

A mesma responsável adiantou ainda que a Associação pretende desenvolver outros projectos dedicados ao apoio a reclusos imigrantes, nomeadamente na área social e jurídica.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem