As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Portugal ajuda a formar mais de 6.000 técnicos no Brasil e nos PALOP
- 13-Oct-2004 - 16:35


Técnicos portugueses vão ajudar a formar mais de 6.300 quadros da administração pública, polícias, juízes e legisladores no Brasil e nos países africanos de língua portuguesa (PALOP), no âmbito de quatro projectos internacionais financiados pela Comissão Europeia.


Os projectos, que envolvem um orçamento global superior a 18 milhões de euros, foram ganhos pelo Instituto Nacional de Administração (INA) e serão levados a cabo por formadores portugueses de diversas áreas.

O Eurobrasil, que se irá prolongar até 2006 com a participação de 30 técnicos portugueses, visa apoiar a modernização do aparelho de Estado naquele país através da formação de mais de quatro mil funcionários e dirigentes de organismos e institutos públicos.

Ainda no Brasil, um outro projecto do INA tem como objectivo reduzir o nível de violência policial através de acções de formação levadas a cabo junto de cerca de 300 agentes da autoridade, em parceria com a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos, criada pelo presidente Lula da Silva.

Nos cinco PALOP (Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe), os projectos serão desenvolvidos em parceria com o Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento (IPAD) e implicam a formação de cerca de 1.300 dirigentes públicos e de 500 quadros da Justiça, nomeadamente legisladores, juízes e advogados.

Segundo o presidente do INA, Luís Valadares Tavares, a realização destes projectos permite estreitar os laços existentes entre Portugal e os restantes países de língua oficial portuguesa, assim como fomentar a actividade de empresas nacionais no exterior.

"Muitas destas actividades facilitam e trazem consigo a iniciativa de empresas portuguesas, o que reforça a nossa presença em países nos quais temos profundas raízes culturais", disse à Agência Lusa o responsável.

Para Luís Valadares Tavares, esta iniciativa "é fundamental para que os portugueses não fiquem reduzidos a um pequeno rectângulo na Europa".


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem