As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Todos os dias em linha
na defesa da Lusofonia

- 26-Oct-2004 - 7:47


Num computador perto de si. E se mais lusófonos houver... lá chegaremos. Em dois anos tivémos 919.439 visitas únicas e 14.816.106 visualizações

De África tem marítimos assentos / É na Ásia mais que todas soberana / Na quarta parte nova os campos ara / E se mais mundo houvera, lá chegara!


Em 26 de Outubro de 2002, seis anos após o aparecimento, na web, de um site dedicado à Comunidade de Língua Portuguesa, Portugal em Linha deu mais um salto qualitativo com a criação do Notícias Lusófonas.

Ainda pouco se falava de lusofonia quando, em finais de 1996, decidimos criar, na Internet, um espaço privilegiado para a comunicação entre todos os falantes da língua de Camões independentemente do local de habitação. Sabíamos, à partida, que este era um espaço necessário e que ninguém decidira ainda cobrir.

Estávamos nos primórdios da Internet em Portugal. Devemos dizer, em abono da verdade, que as reacções de apoio e incentivo e o volume de visitantes excedeu em muito as nossas expectativas iniciais.

Mercê do apoio dos nossos visitantes e sempre atentos às suas aspirações, Portugal em Linha foi desenvolvendo novas secções e novos serviços.

Mas faltava ainda algo que, mesmo noutros serviços ou jornais existentes, ainda não estava concretizado: Um espaço de notícias para toda a Comunidade Lusófona.

Porque sempre partimos do princípio de que todos temos interesse em saber o que se passa de relevante nos outros países irmãos ou, estando fora do nosso país, queremos saber o que por lá vai acontecendo.

Assim, em Outubro de 1997, nascia o Notícias Lusófonas. Desde essa data publicamos, primeiro mensalmente, depois quinzenalmente e, por fim - sempre respondendo às solicitações dos leitores - semanalmente, uma súmula de notícias acerca do que ia acontecendo um pouco por todas as Comunidades Lusófonas.

Não foi um trabalho fácil e teve algumas interrupções. Realizado por uma pessoa só, alterando página após página (porque os programas para geração de páginas dinâmicas eram escassos, para além de dispendiosos nos tempos que corriam) mas sempre foi feito com um sentimento da prestação de um serviço que era necessário e que não existia.

Mentiríamos se disséssemos que nunca tivemos apoios. Tivemos. Dos muitos milhares de leitores e amigos que sempre nos incentivaram com palavras de apreço e de estímulo. Sempre foram eles que nos deram o alento para continuar mesmo quando o desânimo pela falta de apoios "mais materiais" sobre nós se abatia.

Com o passar dos anos outros serviços, seguindo um pouco a nossa linha, foram aparecendo e alguns também desaparecendo.

Lemos mesmo declarações de um primeiro ministro dizendo que o governo ia fazer um "Portugal Online"...

Nós cá estamos... Em Linha...

Sempre com os nossos meios e animados da nossa velha (mais sempre nova) paixão pela Lusofonia, resolvemos renovar o Notícias Lusófonas e fazer - uma vez mais - o que não existe em toda a Comunidade Lusófona: um jornal (digno desse nome) online com notícias dos vários países lusófonos e das comunidades lusófonas espalhadas pelo mundo, com actualização dinâmica e diária, contendo ainda entrevistas e artigos de opinião.

Fazemos votos para que as empresas da Comunidade vejam em nós um bom veículo para as suas mensagens publicitárias que nos permitam fazer sempre mais e melhor - e principalmente, continuar a fazer - um jornal que seja do agrado de todos vós - para continuarmos a merecer a vossa leitura.

Os números valem o que valem. Ou seja, de Angola falámos mais de 2.500 vezes, perto de 1.400 do Brasil, mais de 1.600 de Cabo Verde, 1,200 da Guiné-Bissau, cerca de 1.500 de Moçambique, 3.000 de Portugal, 800 de São Tomé e Príncipe, mais de 1.000 de Timor-Leste, perto de 800 da CPLP, 1.000 das Comunidades e fizémos mais de 600 manchetes. Nos dois anos que hoje comemoramos registamos 919.439 visitas únicas e 14.816.106
visualizações.

Valorizamos o essencial em detrimento do acessório, Colocamos o poder das ideias acima das ideias de poder, A nossa liberdade termina onde começa a dos outros, A liberdade dos outros termina onde começa a nossa, Temos um acordo sagrado com o que pensamos ser a verdade, Somos o que somos e não o que os outros querem que sejamos.


Que eu canto o peito ilustre lusitano,
A quem Neptuno e Marte obedeceram;
Cesse tudo o que a Musa antiga canta,
Que outro valor mais alto se alevanta.


Obrigado a todos.

Notícias Lusófonas


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem