As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Portugal em 34º e Brasil em 72º no ranking da «educação para todos»
- 8-Nov-2004 - 21:55


Portugal ocupa a 34ª posição entre os 127 países analisados pela UNESCO no seu relatório mundial "Educação para Todos", divulgado hoje em Brasília, que afere os índices de educação das populações.


A "posição" do país coloca-o entre os 41 - um terço do total pesquisado - que já alcançaram os objectivos de melhorar os índices de educação das suas populações até o ano de 2015, um compromisso assumido no Fórum Mundial de Educação, realizado em Dacar, no Senegal, em 2000.

No relatório hoje divulgado pela UNESCO - organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura -, a Guiné-Bissau e Moçambique surgem na "cauda" da tabela no que se refere a índices de educação, em 125º e 121º lugar, respectivamente.

Os países africanos de língua portuguesa - Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe - estão, de resto, entre os 35 que não deverão alcançar as metas EFA.

Neste grupo que está longe de atingir os objectivos de Dacar, 22 países são da África subsaariana e outros três possuem grandes populações - Bangladesh, Índia e Paquistão.

"Será difícil mudar a realidade desses países. Enquanto não se conseguir colocar a educação como prioridade, não vamos conseguir sair de uma situação de atraso", assinalou Jorge Werthein, representante da UNESCO no Brasil.

O Brasil surge na 72ª posição, encontrando-se, por isso, numa posição intermédia no que respeita ao cumprimento das metas "Educação para Todos" (EFA), grupo que integra a maior parte dos países da América Latina e do Caribe.

"No Brasil a educação vai mal. Apesar de o país ter registado avanço em alguns indicadores, como aumento das taxas de matrícula e alfabetização, a qualidade da educação é ainda um problema. Somente quantidade não é suficiente", comentou Jorge Werthein.

Noruega, Dinamarca, Holanda, Coreia do Sul e Finlândia surgem, por esta ordem, no relatório da UNESCO como os países com os mais elevados índices de desenvolvimento em educação.

De acordo com a UNESCO, uma das características comuns detectadas nestes países com alto desempenho é a valorização dos professores, que recebem apoio através de investimentos e formação.

A divulgação do relatório mundial sobre "Educação para Todos", feita pela primeira vez no Brasil, contou com a presença do director geral da UNESCO, Koichiro Matsuura, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de ministros de Educação de cerca de 30 países, que participarão também, até ao próximo dia 10, na IV Reunião Mundial de Educação.

Paralelamente à IV Reunião Mundial de Educação, que tem por objectivo acelerar o impulso político constituído no Fórum Mundial de Dacar, haverá ainda em Brasília, nos dias 10 e 11, a reunião da iniciativa "Fast-Track" (FTI), evento promovido pela UNESCO em parceria com o Banco Mundial.

A FTI é uma iniciativa da comunidade internacional para mobilizar recursos financeiros a favor dos países mais pobres, com maior dificuldade em alcançar as metas de expansão e qualidade da educação.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem