As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Governo altera prazos do concurso para novos operadores de telemóvel
- 12-Nov-2004 - 14:38


O Governo de Cabo Verde aprovou em Conselho de Ministros o aumento do prazo, de 60 para 90 dias, no concurso para novos operadores de telemóvel no país, cuja entrada no mercado está prevista para 2005.


As medidas anunciadas após a última reunião do Conselho de Ministros, realizada na quinta-feira, explicou o porta voz do Governo, João Baptista Pereira, surgem após a conclusão que o prazo de 60 dias "era demasiado curto para que as empresas interessadas tivessem tempo para preparar os dossiers".

Actualmente apenas uma operadora, a Cabo Verde Telecom (CVT), cujo capital é detido em 51 por cento pela Portugal Telecom (PT), está a operar no arquipélago cabo- verdiano.

O concurso para a introdução de televisão por assinatura também vai ser alterado porque, explicou o porta- voz do Governo e secretário de Estado-Adjunto do primeiro ministro, a resolução anterior não permitia a entrada de sociedades em formação.

"Esta alteração permite que os promotores das empresas a constituir para se candidatarem a esse concurso, tenham a sua oportunidade, sendo certo que a atribuição da licença para o exercício da actividade só será feita após a entrega do registo de comprovativo da sociedade", adiantou.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem