As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Último grupo de repatriados de Espanha chega à capital
- 17-Nov-2004 - 18:46


O último de três grupos de emigrantes clandestinos guineenses recambiados de Espanha chegou hoje a Bissau, onde decorreu uma manifestação de alguns repatriados junto do gabinete do primeiro-ministro, entretanto dispersada pela polícia.


Hoje, chegaram a Bissau 33 repatriados, que se juntam aos restantes 80 expulsos daquele país europeu depois de terem sido apanhados pelas autoridades espanholas quando tentavam entrar clandestinamente em Espanha, através das ilhas Canárias.

O primeiro grupo de repatriados chegou a 09 deste mês e, na ocasião, o ministro do Interior guineense, Lássana Seidi, disse à imprensa que os 113 guineenses estavam incluídos num grupo de 177 cidadãos africanos detidos pela Guarda Marítima espanhola.

Segundo o governante guineense, os emigrantes clandestinos embarcaram num bote na ilha cabo-verdiana de São Vicente, tendo depois sido detidos e identificados.

Hoje de manhã, um pequeno grupo dos que já se encontravam em Bissau manifestou-se defronte da Primatura, tendo sido dispersados por uma brigada da Polícia de Intervenção Rápida (PIR), que disparou tiros para o ar e granadas de gás lacrimogéneo.

Os manifestantes acusam o governo de ter negociado com as autoridades espanholas o repatriamento para a Guiné-Bissau e exigem que o executivo de Carlos Gomes Júnior lhes pague os 2.500 euros que desembolsaram para emigrar clandestinamente para a Europa.

O governo tem sustentado que nada tem a ver com o caso, indicando não ter qualquer culpa de que alguns guineenses tenham tentado emigrar clandestinamente para a Europa.

As atitudes dos repatriados têm gerado uma onda de indignação entre a população de Bissau que, embora compreenda a vontade de encontrar um futuro melhor, não concorda com a instabilidade que estão a provocar.

Por outro lado, há indicações de que os jovens estarão a ser manipulados por "algumas forças políticas da oposição" para criar mais um foco de instabilidade.

A 09 deste mês, durante a conferência de imprensa, o ministro do Interior sublinhou tratar-se de um "assunto extraordinariamente complexo", realçando que, em Bissau, nenhum dos repatriados será alvo de qualquer procedimento criminal, uma vez que não cometeram qualquer infracção às leis do país.

"Tentaram ir para a Europa. Há pessoas que também embarcam nos aviões sem visto e depois regressam a Bissau sem que se proceda criminalmente", comparou.

No entanto, o ministro do Interior guineense garantiu na ocasião que estão em curso investigações para saber se existe uma rede ou organização criminosa por trás da emigração clandestina de guineenses.

"Presumimos que pagam para poderem embarcar. Mas precisamos de saber como embarcaram e a quem pagaram, bem como a forma como chegaram a Cabo Verde", afirmou Lássana Seidi.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem