As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Eleição do líder do MpD passa por uma segunda volta
- 29-Nov-2004 - 14:14


O novo líder do Movimento para a Democracia (MpD), maior partido da oposição em Cabo Verde, vai ser escolhido numa segunda volta das eleições que tiveram início na noite de domingo, último dia da VII Convenção deste partido.


Na votação inicial, Agostinho Lopes, que tenta a reeleição para um segundo mandato, obteve 124 votos dos 273 delegados que participaram na eleição, tendo Jorge Santos, ex-presidente da câmara de Ribeira Grande, colhido a preferência de 104 e Ulisses Correia e Silva, vice-presidente cessante, apenas de 38.

A segunda volta deverá começar cerca das 00:00 de hoje (01:00 em Lisboa), não sendo possível prever quando serão anunciados os resultados devido à morosidade do processo de votação.

Os delegados são chamados um por um para votarem.

As negociações que entretanto tiveram início entre as duas candidaturas mais votadas, de Agostinho Lopes e Jorge Santos, e a de Ulisses Correia e Silva, por causa dos seus 38 votos, poderão, entretanto, retardar o fim deste processo.

O futuro líder do MpD será candidato a primeiro-ministro no início de 2006 e, perante um cenário de vincada bipolarização em Cabo Verde, com os dois maiores partidos a deterem 70 dos 72 lugares no Parlamento, esta eleição assume especial relevância.

O MpD tem 30 deputados e o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder) tem 40.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem