As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Convenção MpD suscita diferentes comentários entre forças políticas
- 29-Nov-2004 - 20:32


O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) não prevê "nenhuma mudança de postura" do Movimento para a Democracia (MpD) no sistema político cabo- verdiano, apesar da eleição, este fim-de-semana, dos novos órgãos daquele partido.


Esta perspectiva foi avançada hoje pelo membro da Comissão Política do partido no poder em Cabo Verde, Mário Matos, em reacção à reeleição de Agostinho Lopes para a liderança do MpD, o principal partido da oposição no arquipélago, cuja VII Convenção terminou na madrugada de hoje.

"Não vemos nenhuma mudança substancial no discurso dele (Agostinho Lopes), e os cabo-verdianos também notaram, durante a campanha e depois da sua vitória, que não houve, nem há, ideias alternativas para a governação de Cabo Verde", considerou Mário Matos.

Para aquele responsável do PAICV, dos três candidatos que se apresentaram à eleição, o único que avançou "ideias novas" tendentes a "reverter a lógica de conflito político" com o PAICV foi Ulisses Correia e Silva, que ficou em terceiro lugar na votação.

Opiniões diferentes relativamente ao acto eleitoral no MpD manifestaram hoje outras forças políticas, caso do Partido do Trabalho e da Solidariedade (PTS), cujo líder interino, Isaías Rodrigues, considerou uma "prova de maturidade" a forma como decorreu a convenção do MpD.

Aquele responsável preferiu homenagear toda a sociedade cabo- verdiana, por entender que "os cabo-verdianos, através dos militantes do MpD, deram provas de maturidade política, pela forma como decorreu a convenção e como os candidatros aceitaram os resultados".

Por tudo isso, estimou que o MpD "saiu reforçado" da convenção, opinião partilhada pelo presidente da Comissão de Gestão Política (CGP) da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), para quem a nova direcção do MpD deve "contribuir para a consolidação da democracia" em Cabo Verde.

António Monteiro não deixou ainda de desejar que Agostinho Lopes e a sua equipa assumam a sua parte de responsabilidade na "criação de um ambiente político mais saudável, onde impere o confronto de ideias e não a crispação que tem vindo a imperar".

De entre as forças políticas cabo-verdianas não foi possível ouvir a reacção do Partido da Convergência Democrática (PCD), que se encontra sem liderança, desde a renúncia do seu presidente, Eurico Monteito, há alguns meses.

A VII Convenção do MpD terminou na madrugada de hoje após três dias de trabalhos, cujo ponto alto foi a eleição de um novo presidente, tendo os cerca de 300 delegados escolhido Agostinho Lopes, candidato à própria sucessão, em detrimento de Jorge Santos e de Ulisses Correia e Silva.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem