As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
«Português é língua da luz, paz e espiritualidade», diz Gilberto Gil
- 8-Dec-2004 - 21:46


O ministro da Cultura do Brasil, Gilberto Gil, defendeu hoje em Cabo Verde que a língua portuguesa não precisa de entrar na banalização dos processos económicos globais para se impor.


O popular cantor e governante brasileiro justificou a afirmação com a convicção de que o português "é a língua da luz (fazendo uma curta glosa com a lusitanidade da sua origem), da paz e da pluralidade".

"Não se deve chorar sobre o leite derramado", sublinhou Gilberto Gil para minimizar a eventual perda do português no confronto com o inglês ou o francês no campo da tal "banalização dos processos económicos globais".

Numa arrojada defesa do português como "língua poderosa de Cultura", Gil enfatizou que a língua de Camões ou Jorge Amado tem "uma dimensão ontológica que, por vezes, ultrapassa o inglês ou o francês".

"Entendo que não deveria interessar ao mundo da língua portuguesa a conquista no plano material dos espaços, mas sim a conquista no plano da produção cultural e da espiritualidade", afirmou.

Gilberto Gil contrariou a ideia de que o português, depois de todas as parcelas somadas, esteja em perda de terreno, porque, vincou, "o português é das línguas mais qualificadas do mundo".

E garantiu que, ainda neste âmbito, o Brasil defende "o reforço entusiasta da cooperação cultural entre todos os estados membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)".

O ministro da Cultura brasileiro termina às primeiras horas da manhã de quinta-feira uma visita de dois dias a Cabo Verde.

Das múltiplas reuniões que Gil manteve com as autoridades cabo- verdianas, nomeadamente o seu homólogo cabo-verdiano, Manuel Veiga, saiu a certeza de que "há vários domínios" em que a cooperação pode ser alargada, deixando a certeza de que no início de 2005 estará no arquipélago uma missão brasileira para estudar os vários planos de actuação.

Gilberto Gil, confrontado pelos jornalistas quanto à decisão do governo de Cabo Verde de oficializar o crioulo como língua oficial no país, a par do português, defendeu que esse é um processo natural e "bem vindo", porque "mais é sempre melhor que menos".


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem