As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Angola terá um Hospital Universitário graças à Associação Jean Piaget
- 24-Dec-2004 - 13:09


Um Hospital Universitário será construído nos próximos tempos em Angola pela Associação Jean Piaget de Angola.


Por: Isaias Soares
Em Malanje

O tesoureiro da referida associação com fins não lucrativos, Amilcar Orvaneiro, que esteve no final do mês de Setembro em Luanda, disse que a futura unidade cujo terreno foi já dispensado pelas autoridades angolanas «não vai directamente em principio depender da Universidade Piaget de Angola».

Sem quantificar montantes calculados para a sua construção, Amilcar Orvaneiro considerou de altíssimos porque os novos parâmetros ultrapassam os hospitais tradicionais. No seu entender a instituição a ser implantada terá uma função universitária e não exclusivamente a assistência às populações.

«As duas coisas podem compatibilizar, mas a nossa função principal será ministrar o ensino. As valências do Hospital serão sempre em função das especialidades que dermos na Universidade e não como um Hospital de âmbito geral», esclareceu aquele tesoureiro ao precisar que os montantes variam em grande escala a julgar com o momento do inicio das obras tendo em atenção os novos equipamentos em relação aos preços anteriores que actualmente não servem de referencia dada a evolução rápida da tecnologia.

O Hospital Militar de Luanda, segundo aquele responsável, tem servido como Hospital Universitário da referida Universidade aberta em Angola em 1998, em Viana, a 22 quilómetros de Luanda.

A Universidade Jeans Piaget de Angola vai entregar os primeiros canudos a cerca de 30 licenciados e doutorados entre 2004 e 2005 correspondentes a três grandes áreas do saber, nomeadamente Ciências Humanas (direito, economia, psicologia, sociologia e mutricidade humana), Saúde (medicina, enfermagem e farmácia) e a área de Engenharia, informática, petróleo, construção civil e engenharia electrónica, confirmou aquele especialista licenciado em economia, historia e agora a tratar do seu doutoramento em psicologia.

Brevemente, de acordo com Amilcar Orvaneiro, na Universidade de Angola será aberta a cadeira de Geologia que aguarda apenas o aval do Ministério angolano da Educação. Actualmente com cerca de três mil alunos em Luanda a Piaget veio a Angola numa iniciativa da sua congénere de Portugal que teve a ideia de estender o ensino superior na Europa e nos próximos anos estará implantada em Timor Leste, explicou.

Para o representante do reitor da Universidade Jean Piaget de Valência (Espanha), António Clemente, os próximos mestrados e doutoramentos em fase de conclusão inserem-se no sector de desenvolvimento pessoal e intervenção social modelo idêntico ao do Porto e Cabo Verde.

António Clemente disse que uma forte formação de investigadores «impiricos» não básicos mas capazes de abordar os problemas mais recentes de que Angola tem e uma das bases, «por isso, estamos a falar de desenvolvimento pessoal, porque pretendemos junto das pessoas ao mesmo tempo intervenção social. Porque os problemas sociais de Angola são tao importantes que não podem estar a baixar sempre no ensino e não ter relação com a realidade de Angola».

Comentando, precisou que os primeiros canudos a serem distribuidos o seus candidatos esta já reconhecidos pela Postilha da Universidade de HAIA e de toda a Europa cuja acreditação é visível.

Para além de Luanda, em Benguela funciona um curso propedêutico e as obras de construção da Piaget no Huambo estão a bom ritmo.

Quanto às normas de ingresso são idênticas a de outras instituições do género começando pelo ano zero para facilitar aqueles que tem dificuldades académicas, apesar de terem concluído o curso médio o Centro pré-universitário.

De acordo com António Clemente, o mérito inesquecível do fundador Jean Piaget de Valência, António de Oliveira e seus seguidores permitiu que no programa de formação para Angola constasse a formação de adultos, análise de intervenções sociais, interesse emocional, trocas sociais em perspectivas, desenvolvimento humano, sobrevivência, trabalho, vitimas de intervenção social e inter-cultural.

A dado passo da conversa no voo TAP 255 (Lisboa-Luanda), o referido catedrático afirmou que para «Universidade não se trata de estudar química para ensinar química. Trata-se de estudar química para ser químico nas empresas. Se através dela conseguir trabalhar com as propriedades».


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem