As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Polícia reforça efectivos dado aumento da criminalidade
- 5-Jan-2005 - 16:24


A Polícia de Ordem Pública (POP) de Cabo Verde vai ser reforçada, dentro de três meses, com 105 novos agentes, numa altura em que a questão da segurança no arquipélago domina a atenção da população.


Os novos reforços sairão de um curso intensivo com a duração de três meses iniciado hoje na Escola Daniel Monteiro, na cidade da Praia, responsável pela formação de grande parte dos efectivos da polícia cabo-verdiana.

"Esta acção visa aumentar a segurança no país a partir da melhoria da capacidade de intervenção das diversas unidades da POP", explicou o director da escola, o superintendente João Vieira Gonçalves.

O mesmo responsável indicou que se tratará de um reforço de "abrangência nacional", prevendo-se a distribuição dos 105 novos agentes por todas as ilhas do arquipélago, "particularmente aquelas onde os efectivos são mais reduzidos".

Um segundo curso de polícia envolvendo mais 105 formandos deverá iniciar-se em Abril, disse João Vieira Gonçalves, adiantando que este esforço elevará para 210 os reforços da POP em 2005, o que significa uma "significativa melhoria da capacidade de intervenção da corporação".

Os 210 futuros agentes foram escolhidos de entre cerca de 1500 candidatos, num processo de selecção que foi "o mais concorrido de sempre", para o que terão contribuído as "substanciais melhorias" introduzidas na carreira da polícia em Cabo Verde.

Embora o mínimo exigido fosse o nono ano de escolaridade, grande parte dos candidatos têm o décimo segundo (grau pré- universitário em Cabo Verde) o que, no entender do director da escola, é "sinónimo da qualidade da carreira que lhes é oferecida".

De entre outras regalias profissionais e sociais próprias da profissão, os agentes da POP usufruem, à entrada para a corporação, de um salário líquido de cerca de 40 mil escudos cabo- verdianos (cerca de 360 euros).

Tudo isto permite perspectivar a "melhoria gradual" da formação dos agentes da POP, referiu João Vieira Gonçalves, uma vez que o interesse "cada vez maior" que os jovens demonstram pela profissão de polícia possibilita uma "selecção rigorosa dos futuros agentes".

O reforço dos efectivos da POP é visto como uma resposta das autoridades cabo-verdianas aos sinais de degradação da segurança pública, do que foi exemplo recente e mediático a tentativa de assassínio do Procurador da República na Praia, em Dezembro último.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem