As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Ministro enaltece contribuição de Portugal para sistema rodoviário
- 3-Feb-2005 - 18:48


O ministro das Infra- estruturas e Transportes de Cabo Verde enalteceu hoje a cooperação existente com Portugal no domínio rodoviário, destacando o apoio "inestimável" da Direcção Geral de Viação (DGV) portuguesa.


Em declarações à agência LUSA, Manuel Inocêncio Sousa referiu nomeadamente a ajuda prestada pela DGV de Portugal no processo de concepção do novo Código da Estrada do arquipélago.

"A DGV tem sido um parceiro importante. Para além da ajuda que tem concedido ao reforço institucional da Direcção Geral de Transportes Rodoviários (DGTR) de Cabo Verde, tem contribuído para equipar devidamente essa entidade", considerou o ministro.

Manuel Inocêncio Sousa referiu também a "importante contribuição" que a DGV tem dado para a "melhoria da capacidade fiscalizadora" da DGTR, com o fornecimento de equipamentos como radares, alcoolímetros, e veículos automóveis.

Em relação ao novo Código da Estrada, também ele fruto da cooperação entre os dois países, o governante considerou que se trata de um "instrumento moderno, ao nível do melhor que há noutros países, colocado ao serviço do sistema rodoviário nacional".

O código, que está em fase de discussão pública antes de entrar em vigor, vai introduzir, segundo Manuel Inocêncio Sousa, "um número grande de inovações" no sistema rodoviário cabo-verdiano, sendo de destacar "a rapidez e a eficiência dos mecanismos de processamento das contravenções".

Até agora, explicou, uma boa parte das infracções rodoviárias era tratada nos tribunais, sujeitando-se à "morosidade processual própria desses órgãos". Ao abrigo do novo Código da Estrada haverá uma instância própria para isso, adiantou, o que trará "ganhos substanciais".

A par de tudo isto, garantiu o ministro, estão em curso acções destinadas a fazer de Cabo Verde um "país moderno" também no domínio rodoviário. A "adequada sinalização" das vias é outra prioridade, disse, indicando que, "todos os projectos de construção de estradas vão incluir essa vertente".

Manuel Inocêncio Sousa referiu-se igualmente aos custos dos projectos previstos para 2005, no que respeita à construção de estradas, que ascendem a mais de 800 milhões de euros.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem