As Notícias do Mundo Lusófono
 
Tudo sobre o Mundo Lusófono Votar à página principal
     Última Hora:

 
          em   
 


 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Lorosae
 » Comunidades
 » CPLP

 « Arquivo »

 


 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Manchete


Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 


 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios





 
  news  
Guebuza concluiu nomeação do seu governo
- 11-Feb-2005 - 20:14


O novo Presidente moçambicano, Armando Guebuza, concluiu hoje a composição do seu Governo, nomeando os três ministros que ainda faltavam designar e oito vice-ministros, bem como os governadores das 11 províncias do país.


Para a pasta da Justiça, o novo chefe de Estado nomeou Esperança Machavela, antiga embaixadora de Moçambique em Lisboa, enquanto o antigo vice-reitor da Universidade Eduardo Mondlane, Venâncio Massingue, passa a dirigir o Ministério da Ciência e Tecnologia.

Feliciano Gundana, um antigo combatente da luta pela independência, foi nomeado para assumir a pasta dos Assuntos dos Antigos Combatentes.

Armando Guebuza nomeou ainda os vice-ministros dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Eduardo Koloma, do Interior, José Mandra, e do Trabalho, Soares Nhaca, ex-governador da província de Manica.

O ex-governador da província de Maputo, Alfredo Namitete, foi designado vice-ministro da Indústria e Comércio, Carmelita Namashulua passa a vice-ministra da Administração Estatal, Catarina Kassimo, para vice-ministra da Agricultura, e Abdul Razak, ex-governador da província de Nampula, para vice-ministro dos Recursos Minerais.

Armando Guebuza anunciou ainda a nomeação do antigo porta-voz do Ministério da Defesa de Moçambique, Lázaro Mathe, para governador de Cabo Delgado, e a criação do Governo da cidade de Maputo, que já tinha estatuto provincial, e que terá como titular Rosa da Silva.

Arnaldo Bimbe foi designado para governador de Niassa, Filipe Paúde, governador de Nampula e Idelfonso Muanantapha, governador de Tete.

Para a província da Zambézia foi indicado Carvalho Muária. Raimundo Diomba é o novo governador de Manica e Alberto Vaquina foi nomeado para a província de Sofala.

O novo Presidente moçambicano nomeou ainda Lázaro Vicente para governador de Inhambane, Djalma Lourenço, governador de Gaza e Telmina Pereira, governadora de Maputo Província.


Voltar

Ver Arquivo

 
 
Participe na Lista de discussão sobre a Lusofonia
 
  Copyright © 2002 Notícias Lusófonas | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos |
design e programação