As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Novas esquadras de polícia para combater criminalidade na capital
- 10-Mar-2005 - 17:17


O governo de Cabo Verde vai criar duas novas esquadras da Polícia de Ordem Pública (POP) na Cidade da Praia, para combater a crescente criminalidade na capital, disse hoje o porta-voz do governo, João Baptista Pereira.


As duas novas esquadras vão ser instaladas no Palmarejo, um dos mais importantes centros habitacionais da Cidade da Praia e em forte crescimento, e outra na Achada de São Filipe.

A par das novas esquadras, adiantou ainda Baptista Pereira, igualmente secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, vão ser colocados mais três postos móveis da polícia na capital cabo-verdiana, um em Tira-Chapéu, outro no bairro Eugénio Lima e um terceiro na Achada Grande.

As áreas que agora serão objecto de maior atenção por parte da polícia são habitualmente apontadas como focos de criminalidade e palco de vários assaltos e homicídios.

Com esta medida, o governo de Cabo Verde responde ao aumento do crime na capital do arquipélago, que conta mais de 110 mil habitantes num total nacional de 450 mil pessoas.

A iniciativa governamental surge após a "vaga de criminalidade" dos últimos dois meses, com vários assassínios, assaltos e agressões, que o executivo e as autoridades policiais admitem estar relacionados com o tráfico de droga.

Ainda no mesmo contexto, o Conselho de Ministros aprovou na sua última reunião, realizada quarta-feira, uma proposta de Projecto- Lei sobre Defesa e Segurança Nacional, que vai ser apresentada na sessão de Março da Assembleia Nacional para discussão e aprovação pelos deputados.

O projecto-lei, que só terá validade se aprovado no parlamento, é o primeiro sobre Defesa e Segurança Nacional em 30 anos de independência.

De acordo com João Baptista Pereira, este projecto vai "clarificar não só as noções de Defesa Nacional e Segurança interna, mas também as competências dos diversos órgãos de soberania", nomeadamente do Presidente da República, governo e parlamento.

A proposta do governo contempla ainda, entre outras inovações, a criação de um gabinete de segurança a funcionar junto do executivo como órgão de assessoria permanente no âmbito da segurança e ainda um órgão de coordenação e operacional nos domínios da Defesa e Segurança Nacional.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem