As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Polícia de Ordem Publica reforçada com 100 novos agentes
- 4-Apr-2005 - 14:41


A Polícia de Ordem Pública (POP) de Cabo Verde foi reforçada com mais 102 efectivos, saídos de mais um Curso de Formação de Agentes destinado a "melhorar o sistema de segurança interna" do país.


O Ministro da Administração Interna, Júlio Correia, que presidiu à cerimónia de encerramento do curso, explicou que a referida acção de formação enquadra-se no "profundo processo de reforma de todo o sistema de segurança" em curso no arquipélago.

A entrada em funções dos novos agentes verifica-se numa altura em que existe, entre a população cabo-verdiana, um sentimento de insegurança em resultado da ocorrência, nos últimos tempos, de vários crimes violentos, nomeadamente homicídios, atribuídos à criminalidade organizada.

Por isso mesmo, vários quadrantes da sociedade cabo- verdiana, nomeadamente a classe política, têm manifestado preocupação com a situação que o governo, garantiu Júlio correia, "está empenhado em resolver com toda a determinação".

Além da formação de efectivos, adiantou o ministro anunciando para os próximos dias o início de mais um curso para 120 agentes, as medidas do governo prometem ser "mais vastas, para corresponderem às investidas contra a ordem pública e a segurança dos cidadãos".

Júlio Correia reafirmou a decisão, para breve, de criar novas esquadras e unidades móveis de polícia, a implementação do Sistema de Informações da República (SIR) e a adopção da Lei de Defesa e Segurança Nacional e do Conceito Estratégico de Defesa e Segurança Nacional (CEDSN)".

O parlamento cabo-verdiano aprovou, quinta-feira passada, as leis de autorização legislativa ao governo para a criação do SIR e da Polícia Nacional (PN) que constituirão igualmente, na opinião do governante, "elementos fundamentais" do sistema.

Quanto à actuação da POP, cujo reforço em meios de mobilidade e de comunicações encara como "prioritário", Júlio Correia defendeu a necessidade de a instituição adoptar estilos de actuação, nomeadamente "sistemas de policiamento que respondam às necessidade efectivas".

Em resumo, Júlio Correia defendeu que "tudo deve ser feito" para que Cabo Verde continue a ser "um país reconhecido pelos níveis globais de segurança" que oferece aos seus cidadãos e a todos quantos o escolhem como destino turístico ou de investimento.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem